Nova tecnologia criada pela Valmet com o metanol pode substituir combustíveis fósseis, como diesel, petróleo e gás natural

Valdemar Medeiros
por
-
16-08-2021 12:20:02
em Energia Renovável
Tecnologia - Valmet - metanol - combustíveis fosseis - petróleo - gás natural - diesel Trajetória da multinacional finlandesa é marcada por amplo portfólio tecnológico e excelência no atendimento ao cliente (Foto: Divulgação)

Tendo em vista que 83% da matriz energética brasileira vem de energias renováveis, a Valmet criou uma tecnologia que pode aumentar esse número, substituindo combustíveis fósseis como Gás natural, Diesel e petróleo por metanol purificado

Após o Ministério de Minas e Energia realizar um levantamento afirmando que o Brasil conta com cerca de 83% de sua matriz energética originada por fontes renováveis, com os sistemas hidrelétricos, de biomassa, eólico e solar, a Valmet, uma empresa líder na criação e fornecimento de tecnologias, serviços para os setores de celulose, papel, energia e automação, desenvolveu uma solução incrível para a purificação do metanol produzido na fábrica de celulose, que pode substituir combustíveis fósseis, como petróleo e gás natural.

Leia também

Tecnologia promete melhor qualidade e substituição de combustíveis fósseis

O Que é o Metanol? I Star Preparações

De acordo com Filipe Centenaro, engenheiro de processo da Valmet na América do Sul, a tecnologia garante uma qualidade maior quando comparada com a tradicional fábrica de metanol. Por meio do novo método, este subproduto da fábrica se torna em um combustível eficiente que pode superar o Gás Natural e petróleo.

Por conta do seu reduzido impacto ambiental, sua aplicação dentro da fábrica de celulose é bastante flexível. Além de economizar recursos naturais, o processo de purificação do metanol da Valmet também pode abrir portas para novas aplicações, tanto na própria fábrica, quanto para consumidores de fora.

A facilidade de adquirir o material que poderá substituir os combustíveis fósseis

A nova tecnologia da Valmet pode ser aplicada com a modernização das fábricas de liquefação de metanol, tanto para reduzir o impacto no meio ambiente ou do seu uso como matéria-prima.

De acordo com o engenheiro, as vantagens da purificação do material vão desde o uso como insumo na planta química, ou como combustível nas fábricas e até mesmo na comercialização do produto purificado, que poderá tomar o lugar dos combustíveis fósseis como gás natural, diesel e petróleo.

Uma planta de celulose com uma produção de 1 milhão de toneladas de celulose por ano chega a produzir, por dia, mais de 35 toneladas de metanol. Só na substituição direta ao petróleo, a economia chega a ser alguns milhões de dólares ao ano, estima o engenheiro da Valmet.

Nova tecnologia ampliará a utilidade do metanol

De acordo com Centenaro, o potencial de aplicação do composto químico, que pode substituir os combustíveis fósseis, é vasto, mas seu uso mais provável está dentro da fábrica de celulose, onde é produzido. Para que seja comercializado no mercado como commodity, a pureza do metanol deve atingir o nível IMPCA, que é um padrão internacional de qualidade.

Entretanto, nem toda aplicação necessita desta pureza, o que pode melhorar bastante o custo de implementação e payback. Muitas fábricas de celulose compram metanol fóssil para produzir dióxido de cloro na planta química, sendo assim, a substituição deste, pelo de base florestal traria economia na casa dos milhões por ano.

Outra vantagem do material que poderá substituir o gás natural, diesel e o petróleo está no aumento da produção de polpa de celulose quando o lado do combustível na caldeira de recuperação é o gargalo da planta. A melhor característica do metanol é poder permitir seu uso em outras aplicações, sem impactar no aumento de emissões.  

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe