Nitshore vence concorrência promovida pela petroleira ExxonMobil para prestar serviços de apoio logístico

Niterói deixando seu marco como uns dos maiores apoiadores do Offshore! Nitshore vence concorrência promovida pela petroleira ExxonMobil.

Niterói deixando seu marco como uns dos maiores apoiadores do Offshore! Nitshore vence concorrência promovida pela petroleira ExxonMobil.

Vamos de boas notícias nesta sexta? Nitshore, responsável pela gestão do Terminal 2 do Porto de Niterói, venceu a concorrência promovida pela ExxonMobil para prestar serviços de apoio logístico à petroleira no offshore brasileiro. Exploração de petróleo e gás, mineração e energia elétrica em terras indígenas, são autorizadas pelo Governo

Leia também

Os contratos que abrangem projetos da major nas regiões Sudeste e Nordeste, terão duração de 18 meses contados a partir de julho deste ano.

A Nitshore opera no Porto de Niterói (RJ), em área integrada de 125 mil m², contando com cais de 430 m de comprimento e calado de 7,5 m.

A empresa oferece serviços de logística de ponta-a-ponta, com atividades de movimentação de cargas, alfandegamento para importação e exportação, armazenagens, tancagens de fluidos, abastecimento de água e combustíveis, gerenciamento de resíduos e reparos navais.

A petroleira ExxonMobil opera 13 blocos exploratórios no Brasil, dos quais cinco em Sergipe, quatro em Campos, três em Santos e um em Alagoas.

Na última semana, a ANP aprovou a transferência de participação das concessões POT-M-475, na Bacia Potiguar, e da CE-M-603, no Ceará, da norte-americana para a Ouro Preto Óleo e Gás (OP Energia) e Azibrás

Pesquisadora brasileira revoluciona e transforma “água de petróleo” em etanol e metanol

A pesquisadora brasileira, Juliana Ferreira de Brito conseguiu transformar um dos resíduos da produção de petróleo, chamado água de petróleo, em etanol e metanol. A descoberta traz benefícios econômicos, sociais e ambientais

Cerca de 40 bilhões de litros de “água de petróleo” são gerados diariamente. Seria possível gerar 8 bilhões de litros de metanol e 50 milhões litros de etanol.

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.
Flavia Marinho

Sobre Flavia Marinho

Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore offshore