Nordeste receberá novo investimento milionário no ramo de energia eólica da comercializadora de energia renovável 2W

Valdemar Medeiros
por
-
01-05-2021 12:54:51
em Energia Renovável
Energia eólica - Nordeste - Energia renovável - 2W -Investimento Parques de energia eólica – Fonte: Tecmundo

A 2W Energia está avançando no seu plano de expandir a sua atuação no segmento de geração de energia renovável ao afirmar o financiamento dos seus primeiros parques de energia eólica no Nordeste.

A 2W Energia fará um investimento de aproximadamente R$ 950 milhões no Nordeste, construindo dois parques de energia eólica: um no Ceará e outro no Rio Grande do Norte, impulsionando, ainda mais, o setor de energia renovável brasileiro.

Leia também

O investimento milionário da 2W no Nordeste brasileiro

A estratégia do investimento em energia eólica no Nordeste se deve a um forte crescimento do mercado livre de energia, em que clientes com uma grande demanda podem negociar os preços e suprimentos com as comercializadoras.

A companhia tem como previsão que, em cerca de 2 meses, se inicie a mobilização para as obras do primeiro parque de energia eólica do Nordeste, que será em Anemus, no Rio Grande do Norte, com 139 megawatts e tem data de conclusão prevista para setembro de 2022.

O outro investimento será a usina de energia eólia localizada em Kairós, no Ceará, com 42 megawatts e tem previsão de construção a partir do final do segundo semestre, por volta de dezembro. A empresa de energia renovável obteve um empréstimo mezanino de US$ 45 milhões da Darby International Capital. US$ 35 milhões serão usados no projeto de energia eólica Anemus.

Já o projeto Kairós deverá usar o valor restante do empréstimo. A empresa espera receber recursos do Banco do Nordeste para as obras, que, ao total, terá um investimento de R$ 950 milhões.

Autoridades da 2W se pronunciam sobre o novo investimento em energia renovável no Brasil

De acordo com Guilherme Moya, vice-presidente Comercial e de Marketing da 2W, a empresa tem avançado na comercialização da produção futura de Anemus, no Nordeste, focado nas empresas de pequeno e médio porte, consideradas clientes varejistas.

Ele afirma que, seguindo nesse ritmo, a empresa de energia renovável irá vender toda a energia do parque de energia eólica no varejo antes da operação comercial. A estratégia do investimento é sempre ter a energia dos próximos três anos do parque, no Nordeste, 100% vendida em contratos de pelo menos 5 anos.

O CEO da empresa, Claudio Ribeiro, espera concluir o negócio em 60 dias, após definir como será dado o pagamento. A ideia principal da empresa de energia renovável é fazer alguma operação estruturada, troca de ações ou algo do tipo. Segundo Ribeiro, a empresa pretende, de uma maneira macro, se aproximar cada vez mais de tecnologia.

Sobre a 2W Energia

Com mais de 100 representantes comerciais não só no Brasil, a 2W Energia tem como objetivo mudar a experiência do consumidor com a energia. Suas operações fazem com que os clientes tenham acesso à energia renovável com um preço competitivo.

Como já dito antes, a empresa faz investimentos de geração própria de energia renovável, tendo como principais fontes a energia eólia e solar.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.