Mineração – Minas Gerais deve atrair investimentos de U$S 12,5 bilhões

Roberta Souza
por
-
22-10-2020 15:40:40
em Economia, Negócios e Política
Mineração, investimentos, Minas Gerais Mineração

Com um grande desempenho econômico no terceiro trimestre, mineração em Minas Gerais melhorou diversos indicadores socioeconômicos

Entre os meses de julho a setembro, setor de mineração mostrou uma grande melhora em alguns indicadores. Devido a esses bons resultados, os investimentos no setor de mineração no Brasil de 2020 a 2024, aumentou de US$ 32,5 bilhões para mais de US$ 37 bilhões. Estados de Minas Gerais, Bahia e Pará serão os respectivos com maiores investimentos.

Veja ainda outras notícias do dia:

O Estado de Minas sempre foi o maior produtor mineral e o maior arrecadador de impostos do segmento, liderando em doações e deve ainda atrair US$ 12,5 bilhões. A Bahia fica em segundo lugar, com US$ 10,5 bilhões (28%), e Pará com US$ 8,6 bilhões (23%).

Os projetos de investimentos incluem ferro, fertilizantes, ouro, bauxita, lítio, nióbio, quartzo e calcário.

Segundo Flávio Ottoni Penido e Wilson Brumer, respectivamente diretor-presidente e presidente do Instituto Brasileiro de Mineração, para eles, o Estado de Minas Gerais, mesmo com um grande investimentos, não consegue voltar a ser o protagonista no setor mineral. Nos últimos anos, o Pará tem estado à frente das vendas, principalmente em minério de ferro.

Wilson Brumer disse que “Novas fronteiras de mineração estão se abrindo no País e a disputa, no curto e médio prazos, permanecerá entre Pará e Minas Gerais. Mas no período mais longo, vejo o Pará com enorme potencial de se consolidar como principal produtor brasileiro”.

Além disso, segundo o presidente da Instituição, o plano de investimentos em Minas Gerais inclui um projeto de restauração da barragem de rejeitos. Quando considerados apenas novos negócios ou expansões, o valor total no Estado deve chegar a cerca de US$ 10 bilhões. Ele conclui dizendo que “o Volume parecido com o da Bahia e próximo ao do Pará. Assim, Minas pode recuperar alguma representatividade, mas o País caminha para ter três grandes produtores de minerais: Pará, Minas Gerais e Bahia”.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos