Início Mercado de energia renovável deve criar 400 mil vagas de emprego nos próximos 20 anos

Mercado de energia renovável deve criar 400 mil vagas de emprego nos próximos 20 anos

24 de fevereiro de 2021 às 10:09
Compartilhe
Siga-nos no Google News
energia renovável - vagas de emprego - mercado
Usinas de energia eólica e solar

O mercado de energia renovável deve ser uma das principais geradoras das vagas de emprego do futuro

Embora a pandemia do covid-19 tenha causado uma queda no consumo do mercado de energia em todo o mundo, o segmento de energia renovável conseguiu se manter em crescimento no ano passado, ainda que menor do que o previsto.

Leia também

 Benefícios da energia renovável

Um novo estudo vem destacando os benefícios da energia renovável, e está ajudando a mudar o diálogo em torno da política climática do Marrocos.

Segundo o Fórum EuroMediterraneen des Instituts Sciences Economiques (FEMISE), responsável pelo estudo recente que, a mudança para o mercado de energia renovável no Marrocos criará mais de 400 mil vagas de empregos na categoria doméstica, nos próximos 20 anos.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Futuros investimentos

As descobertas, que defendem o aumento da futura parceria entre a EU, Marrocos e Tunísia no cumprimento de metas ambientais compartilhadas, explicam que a maior parte das vagas de emprego criadas no mercado de energia renovável, seria no setor de trabalho: trabalhadores altamente qualificados para construir e manter parques eólicos, usinas solares e outras instalações energéticas.

Mercado de energia renovável, mulheres preenchem cerca de 32% das vagas de emprego

Uma pesquisa realizada no ano passado pela Agência Internacional de Energia Renovável (Irena) sobre a perspectiva de gênero, aponta que as mulheres ocupam cerca de 32% das vagas de emprego no setor de energia renovável. Quando se analisado o segmento de petróleo e gás, tal valor passa a ser de 22%, do total das vagas de emprego.

Em relação às vagas no mercado de energia renovável, 45% das mulheres ocupam cargos administrativos. Sobre a questão salarial, 60% dos homens afirmam que há igualdade de salários entre mulheres e homens ante 29% das mulheres. Conforme o levantamento, a maior participação das mulheres no setor de energias renováveis asseguraria uma distribuição equilibrada das oportunidades socioeconômicas para a transformação global da energia.

Relacionados
Mais recentes