Manifestação no Comperj para reivindicar vagas de emprego impede entrada e saída de veículos

Paulo Nogueira
por
-
21-01-2020 10:16:37
em Refinaria e Termoelétrica
Comperj vagas de emprego protesto

Foram passadas a nossa redação imagens e videos de moradores de Itaboraí em protesto, eles demandam que as vagas no Comperj sejam para moradores do Conleste

O Comperj passa por mais uma etapa de polêmicas nesta terça-feira(20). Moradores e profissionais da cidade de Itaboraí e região do Conleste fecharam a portaria das obras hoje, ônibus levando e trazendo funcionários não passam. Os veículos estão retornando pela rodovia(BR) e estacionando no posto Ipiranga até a situação se normalizar, no final da matéria é possivel conferir algumas imagens.

Leia também

Segundo informações adicionais que chegaram a nossa equipe, vidros do ônibus da empresa CPL foram quebrados. Os funcionários foram liberados do expediente hoje e retornaram para casa até que a situação se resolvida.

Já é de conhecimento de todos que a Petrobras decidiu interromper as obras do Comperj ( Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro), que segundo a estatal, a falta de interesse da  chinesa CNPC foio o catalizador para esta decisão, já que o empreendimento seria inviável financeiramente.

O que está sendo construído na localidade é uma UPGN (Unidade de Processamento de Gás Natural) que receberá o gás canalizado oriundo do pré-sal.

Apesar da notícia que o Comperj não terá mais continuidade, o próprio presidente da Petrobras, Castello Branco, disse em nota que Itaboraí não ficará na mão. Há estudos para que no lugar da refinaria, uma termoelétrica seja construída para utliziar o gás do pré-sal, além de uma fabrica de lubrificantes de alta qualidade que também aproveitará produtos intermediários da Reduc.

Vejam algumas imagens da Manifestação de hoje ( Clique para Ver Todas)

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.
fwefwefwefwefwe