Industria do aço, um dos setores mais importantes da economia e geração de empregos, volta a ter produção no nível de pré-pandemia

Fábio Lucas
por
-
30-09-2021 21:30:07
em Indústria e Construção Civil
indústria, aço, indústria do aço, empregos Metalúrgica Durametal, durante fabricação de cubos de rodas. Fortaleza (CE) 17.07.2014 – Foto: José Paulo Lacerda

Industria do aço retoma a capacidade parada e volta a ter produção no nível da pré-pandemia

Um dos setores mais importantes para a geração de empregos, a indústria brasileira do aço retomou a sua capacidade parada, alcançando o patamar de produção de pré-pandemia. Marco Faraco, presidente do Conselho Diretor do Aço Brasil, a produção da indústria de aço no Brasil operou com apenas 40% da sua capacidade no auge da pandemia. Diante das ações governamentais e os cenários micro e macroeconômicos do país, a indústria se recuperou. 

Faraco também abordou a redução drástica nas exportações do aço durante a pandemia. Ação que ocorreu para a atender o mercado interno. Ainda segundo ele, a expectativa é que o setor da indústria do aço tenha um crescimento de 14% para a produção de aço bruto, se comparado com 2020. Já a venda interna deve aumentar 19%, enquanto o consumo aparente deve subir 24%. 

Consideramos como prioridade a recuperação da competitividade sistêmica do setor do aço brasileiro, e isso está diretamente ligado ao Custo Brasil. É imprescindível a aprovação da reforma tributária, sendo ampla, diminuindo a cumulatividade de impostos”, disse. 

Congresso Aço Brasil 

Imagem do Ministro Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura. Marcelo Camargo/Agência Brasil

 Na quarta-feira, aconteceu a abertura do congresso Aço Brasil 2021, que reuniu remotamente autoridades, especialistas e empresários do para debaterem sobre a expectativa e sobre o setor do aço na economia. Tarcísio de Freitas, Ministro da Infraestrutura, também esteve presente e comentou sobre a produção de aço do Brasil em 2021.

Temos visto crescimento nas vendas internas e no consumo aparente de produtos siderúrgicos. Aço é um indicador de antecedência. Significa que na esteira desse crescimento do consumo de aço, verificaremos também o crescimento do nosso produto interno bruto”, disse o Ministro da Infraestrutura. 

Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.
fwefwefwefwefwe