Início Indústria automotiva segue crescendo e levando muitos investimentos para o estado de Minas Gerais

Indústria automotiva segue crescendo e levando muitos investimentos para o estado de Minas Gerais

24 de agosto de 2021 às 13:23
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Minas Gerais – indústria – automotiva
Indústria Automotiva/ Fonte: VEJA

Além da indústria automotiva, o estado de Minas Gerais receberá aportes nos setores de mineração, bebidas, alimentos, comércio e mais

No estado de Minas Gerais, a indústria automotiva é representada por centenas de empresas que, juntas, empregam milhares de trabalhadores, com participação de 8,6% do PIB – Produto Interno Bruto Industrial, de acordo com números divulgados pela FIEMG – Federação das Indústrias de Minas Gerais. Segundo a entidade, o setor movimentou, em 2020, mais de US$ 700 milhões em exportações. Veja ainda esta notícia: Cedro Mineração planeja realizar investimentos de R$ 1 bilhão em projetos no estado de Minas Gerais

Nova fábrica de carros elétricos será construída no estado

A cidade de Nova Lima, localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, no estado de Minas Gerais, irá receber uma nova indústria automotiva, a Bravo Motor Company, que pretende produzir carros elétricos no município. O investimento para a implantação do empreendimento é de mais de R$ 25 bilhões e a promessa é que 10 mil empregos diretos sejam gerados.

A oficialização da construção de uma nova indústria de carros elétricos para o transporte público, pela Bravo Motors Company, representa um marco histórico na transformação econômica, não apenas da cidade e do estado de Minas Gerais, mas também do país. A nova unidade, além de gerar novos empregos, irá fabricar carros elétricos, células e packs de baterias, sistemas de armazenamento, dentre outros equipamentos utilizados no transporte compartilhado. O empreendimento será o primeiro do tipo na América Latina.

A nova indústria automotiva irá gerar muitos empregos no estado de Minas Gerais

O início das obras da nova indústria automotiva, de carros elétricos está previsto para o quarto trimestre deste ano, enquanto que a produção só deve começar a partir do primeiro trimestre de 2023. A instalação do Parque Industrial Colossus Cluster ocorrerá no chamado Vetor Sul da capital de Minas Gerais, em Nova Lima, às margens da BR-040, em uma área dentro do Masterplan do Projeto CSul Lagoa dos Ingleses.

A previsão é de que a nova fábrica de carros elétricos gere mais de 10 mil empregos diretos, número que, na avaliação do prefeito de Nova Lima, se multiplica ao avaliar os postos indiretos e toda a cadeia de desenvolvimento que a chegada da empresa vai promover na região. João Marcelo Dieguez diz que a unidade é o início de uma nova era para os municípios e toda a região metropolitana de Belo Horizonte. Além disso, afirma que em mais de 320 anos, será marcado como o dia em que Nova Lima se inseriu na vanguarda da inovação mundial. Ele ressalta que irão ter a primeira fábrica de carros elétricos da América Latina instalada na cidade do estado de Minas Gerais, e que as condições oferecidas foram determinantes na escolha pelo município.

Veja ainda esta notícia: Minas Gerais receberá investimentos de R$ 32,7 bilhões nos próximos anos nos setores de mineração, indústria, bebidas e outros. Milhares de empregos serão gerados

No estado de Minas Gerais, os acordos de intenção de investimentos previstos somam cerca de R$ 32,7 bilhões para os próximos anos, segundo relatório da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi). Os projetos abrangem novos empreendimentos e a geração de empregos em 40 setores, entre os quais usinas de energia solar fotovoltaica, bebidas, alimentos, biotecnologia, mineração, medicamentos e comércio. Também são previstos centros de distribuição da Amazon e do Mercado Livre, empresas gigantescas do e-commerce.

O Grupo Petrópolis, fundado no município de mesmo nome da região serrana do Rio de Janeiro, tem investimentos previstos de R$ 890 milhões em sua indústria na cidade de Uberaba, no triângulo mineiro. A mineradora Sigma Lithium irá realizar investimentos de R$ 859,4 milhões para produzir lítio de alta pureza na divisa entre Araçuaí e Itinga, no Vale do Jequitinhonha, norte de Minas Gerais.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes