Grande cortina de fumaça na plataforma da Petrobras Cherne-2 assusta petroleiro ao ponto de pensar que a unidade estava em chamas

Paulo Nogueira
por
-
01-12-2020 11:10:25
em Petróleo, Óleo e Gás
Plataforma Petrobras Cherne-2 queima de gás chamas Plataforma Cherne-2 Petrobras queimando gás

Procedimento normal em qualquer plataforma de produção, inclusive de unidades Petrobras, a queima do gás acontece quando não é possível processa-lo, por razões de segurança ou excesso

O CPG recebeu um vídeo sobre um suposta plataforma da Petrobras em chamas, o Cherne-2, uma plataforma fixa de produção que incorpora os campos de Congro, Cherne e Malhado na Bacia de Campos. Talvez por nunca ter visto, o petroleiro que gravou o vídeo não sabia que a enorme cortina de fumaça que apareceu sobre a unidade foi uma manobra comum. Assista o vídeo à seguir:

Notícias recentes sobre a Petrobras

Leia o que a estatal diz sobre a queima de gás: ” A queima de parcela do gás natural produzido é inerente à indústria do petróleo e ocorre por motivo de segurança (piloto da tocha das facilidades de produção), no início de operação de plataformas (durante a fase de comissionamento de sua planta de compressão e do gasoduto de exportação) e em paradas para manutenção, assim como em situações temporárias de emergência ou de limitações operacionais.” retirado do artigo: Queima de Gás Natural: Carta ao Globo.

Vale ressaltar que esse queima não se limita apenas a unidade produção offshore. Essas torres de queima de gás natural (flare) necessárias em sistemas de produção de no offshore, em terra e também em plantas de processamento e refinarias.

Segundo apuramos, foi apenas um excesso de gás associado queimando, e devido ao volume, acabou formando aquela nuvem espessa e escura.

Você já está sabendo sobre o plano estratégico Petrobras 2021-2025?

A Petrobras informou, que pretende arrecadar com a venda de ativos no seu Plano Estratégico 2021 – 2025, valores entre 25 e 35 bilhões de dólares. Em seu plano de negócios anterior, os valores giravam entre US$ 20 a US$ 30 bilhões. No programa da empresa estão incluídos 8 refinarias, participações na Braskem, BR Distribuidora e Gaspetro. Saiba mais aqui.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.