Início Governo autoriza a compra de 50 carros elétricos em Fernando de Noronha

Governo autoriza a compra de 50 carros elétricos em Fernando de Noronha

10 de março de 2021 às 09:27
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Governo - carros elétricos - Fernando de Noronha
Carros elétricos no Brasil – Fonte: reprodução Google

Mais 50 carros elétricos estão autorizados a circular em Fernando de Noronha pelo Governo

Depois de anunciar o novo ecoposto público que vai carregar carros elétricos que foi colocado em operação na última quarta-feira (3), pela Administração do arquipélago de Fernando de Noronha, localizado no Nordeste do Brasil, dessa vez o governo autorizou a compra de 50 carros elétricos.

Leia também 

Moradores de Fernando de Noronha passam a ser autorizados pelo governo para aquisição de carros elétricos. A ideia faz parte do projeto que tem como objetivo reduzir a taxa de emissão de carbono e aumentar a taxa de visitação na região. 

Mais de 100 autorizações do Governo para uso de carros elétricos já foram concedidas

Atualmente já possui em circulação na região de Fernando de Noronha um total de 180 carros elétricos em circulação. Até o ano de 2030 o uso de carros movido a combustão serão proibidos. 

“Essas concessões garantem à comunidade noronhense o direito de adquirir veículos que se adequam ao princípio da sustentabilidade, dentro da pegada ecológica que a administração da Ilha vem adotando, com Programa Noronha Carbono Zero. Seguiremos buscando sempre alternativas para garantir um futuro mais sustentável”, afirmou o Superintendente Jurídico, Felipe Campos.

Fábrica de carros elétricos será inaugurada em 2023 no Brasil

Governo do Estado de Minas Gerais assinou na última sexta-feira (5) o protocolo de intenções com a Bravo Motor Company para a construção de uma fábrica de veículos elétricos e packs de baterias na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O projeto terá investimento total de R$ 25 bilhões e deve gerar quase 14 mil empregos diretos e indiretos.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes