Comercializadas por R$ 200 mil, baterias do carro elétrico Ford Mustang Mach-E possuem o preço do próprio veículo

Valdemar Medeiros
por
-
02-01-2022 11:50:29
em Automotivo, Veículos Elétricos
baterias - carro elétrico - -Ford-Mustang-Mach-E Ford-Mustang-Mach-E sendo recarregado – foto: reprodução/observador




Multinacional Ford destacou que, para conter o preço da bateria do Mustang Mach-E, que custam o preço do veículo, já conta com investimentos e parcerias com empresas do setor

Quando o Ford Fusion Hybrid chegou ao mercado brasileiro, trazendo a propulsão híbrida no mercado nacional, o preço de suas baterias chamou a atenção. De lá para cá, o preço das baterias de íon de lítio é um comentário “permanente” em notícias sobre carros elétricos e híbridos. Recentemente, foi publicado no site Reddit, por um dono de um Ford Mustang Mach-E, que as baterias do seu carro elétrico nas concessionárias custam o mesmo preço que o próprio veículo. As baterias do carro elétrico custam algo em torno de R$ 237.475, valor do modelo de entrada Select.

Leia outras notícias relacionadas

Ford afirma que está buscando diminuir o preço do componente para o carro elétrico

Mustang Mach-E totalmente elétrico | Descubra-o | Ford Portugal

O preço citado anteriormente foi encontrado no Canadá. O site Carscoops consultou uma concessionária nos Estados Unidos, no estado da Flórida, e encontrou as baterias pelo valor de R$ 103.149 para o conjunto menor e R$ 131.757 para as baterias das versões mais caras para o Mustang Mach-E.

Estes preços chegam perto aos da versão de entrada da picape Maverick. A multinacional Ford já anunciou uma parceria com uma empresa voltada para a reciclagem de baterias com o intuito de reduzir os custos do componente e reduzir o impacto ambiental durante o descarte.

No Brasil, possuir um plano para a reciclagem ou descarte das baterias feito pelos fabricantes que comercializam os veículos elétricos é obrigatório.

Mustang Mach-E possui 610 km de autonomia

Já lançado na Europa e nos EUA, o carro elétrico da Ford Mustang Mach-E está com data prevista para chegar em território nacional no próximo ano. O novo carro elétrico da multinacional conta com várias tecnologias e consegue detectar o smartphone do motorista por aproximação para desbloquear as portas.

O modelo não contará com maçanetas, mas sim com um botão que vai na moldura do vidro. Em seu interior, o Ford Mustang Mach-E conta com uma central multimídia de 15,5 polegadas que opera quase todo o veículo. Há também uma tela de 10,2 polegadas atrás do volante, que pode mudar de aparência dependendo do modo escolhido pelo motorista.

O carro elétrico é comercializado em duas versões, uma com uma bateria de 68 kWh e outra com 88,8 kWh, com autonomias de 440 e 610 km, respectivamente. Dependendo da versão, o modelo pode entregar 269 ou 294 cavalos de potência.

Toyota passa a utilizar baterias de níquel-hidreto metálico

Indo em um rumo diferente, a multinacional Toyota utiliza uma estratégia diversificada para seus híbridos. A montadora japonesa, diferente da Ford, utiliza baterias de níquel-hidreto metálico, que são mais duráveis em comparação às de íons de lítio.

A Toyota prepara baterias de estado sólido para seus carros totalmente elétricos, tecnologia mais limpa de gerar e descartar, além de ser mais leve e permitir carregamentos mais rápidos.

As baterias de íons de lítio, como as equipadas em carros elétricos como o Mustang Mach-E, são consideradas apenas como uma transição. A projeção é de que até 2026 apareçam novas tecnologias de baterias com um preço menor e outras vantagens.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.