Brasil ultrapassa Estados Unidos e será líder mundial na produção offshore de petróleo em 2025 perfazendo 768 mbd com a Petrobras

Ruth Rodrigues
por
-
16-08-2021 18:23:15
em Petróleo, Óleo e Gás
A Petrobras conseguirá colocar o Brasil em destaque em 2025, quanto a produção offshore de petróleo A Petrobras conseguirá colocar o Brasil em destaque em 2025, quanto a produção offshore de petróleo. Fonte: Agência CMA

Com a Petrobras, o Brasil será o líder global no setor de produção offshore de petróleo em 2025, de acordo com os dados da GlobalData

No dia 13 de agosto, uma das maiores empresas no ramo de inteligência energética, a GlobalData, anunciou que grandes projetos offshore de petróleo irão surgir para o Brasil, no decorrer dos próximos anos (2021 – 2025). De acordo com as previsões, espera-se que o país venha, em conjunto com a Petrobras, contribuir com, aproximadamente, 23% da produção global. Sendo que esse percentual corresponde a cerca de 1,3 milhões de barris por dia (mmbd). Entretanto, os projetos ainda estão sendo planejados e anunciados.

Quando mencionamos que um projeto está sendo planejado, estamos querendo dizer que ele já recebeu uma decisão final de investimento (FID) de empresas que querem desenvolvê-lo e que está somente aguardando a data estipulada para ter início. Já em relação a projetos anunciados, esses possuem uma finalidade de informar que os projetos ainda estão passando por estudos, que antecedem o FID.

Veja mais notícias:

Afinal, quais são as previsões da GlobalData para produção offshore de petróleo?

De acordo com os dados estatísticos divulgados, em 2025, o Brasil, representado pela Petrobras, conseguirá um valor de 1,16 mmbd através da produção offshore de petróleo e condensado. Conforme as previsões da GlobalData, esse montante será arrecadado por meio de projetos que já foram planejados, que já tiveram seu estudo definido e estão somente aguardando a aprovação para serem desenvolvidos.

“Espera-se que um total de 29 projetos de petróleo bruto comecem a operar no país durante 2021-2025. Destes, Bacalhau, Búzios V (Franco) e campo Tupi são alguns dos principais projetos que deverão contribuir coletivamente com cerca de 44% da produção de petróleo e condensado do país em 2025 “, revelou a GlobalData. Já para a Analista Sênior de Petróleo e Gás da GD, Effuah Alleyne, mesmo possuindo países amplamente fortes na listagem, o Brasil tem grandes chances de ser o melhor no futuro, graças a Petrobras.

brasil é líder na produção offshore de petróleo entre 2021 até 2025 através da Petrobras
Líderes mundiais em relação a produção offshore de petróleo entre 2021 até 2025. Fonte: GlobalData

Conforme é visível no gráfico, nosso país é o líder na produção de petróleo previsto para os próximos anos. Tais resultados só serão possíveis graças a camada do pré-sal na Bacia de Santos, que tem um vasto e rico portfólio quando o assunto são projetos offshore, sendo em sua maioria, liderados Petrobras. Com esses projetos sendo desenvolvidos, a economia terá muito a ganhar.

Principalmente com o barril de petróleo custando algo em média de US $ 40 por barril. Caso continue seguindo esse rumo, estima-se que as chances da América Latina superar a produção offshore da América do Norte, são reais e podem acontecer até 2023.

Estados Unidos fica para trás na corrida por produção offshore de petróleo

Com uma ampla vantagem, o Brasil assume o topo dos resultados acerca da produção, deixando para trás concorrentes como: Estados Unidos, Noruega, China e Nigéria. Em relação a produção, espera-se que até 2025, os EUA consigam perfazer um total de 655 mbd petróleo bruto. O que representaria cerca de 11% da produção total offshore de petróleo e condensado no ano estimado.

Já em terceiro lugar, esse estaria ocupado pela Noruega. Com seus projetos offshore, seria possível arrecadar um equivalente a 508 mbd numa produção bruta de petróleo até o ano de 2025. Em relação as empresas que conduzem os projetos em cada país, temos: Petrobras, China National Offshore Oil Corp e Equinor ASA.

Essas são as maiores empresas e líderes a nível mundial na produção offshore de petróleo e condensado. Perfazendo um total de 768 mbd, 371 mbd e 331 mbd, respectivamente, até o ano de 2025, estando inclusos projetos planejados e anunciados. Portanto, o Brasil até 2025, o Brasil será líder mundial nesse segmento, conforme dados da GlobalData.

Tags:
Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.
fwefwefwefwefwe