Produção de Petróleo no Brasil vai se aproximar de 4 milhões de barris por dia, até 2023

Petróleo ANP Produção

Aumento de 40%, segundo as previsões da ANP, virão acompanhados do aumento de investimentos em novas unidades de produção de Petróleo

Os investimentos de 5,2 bilhões de Reais em plataformas de Petróleo no ano que vem, farão com que a produção nacional registre um aumento de 40%, passando dos atuais 2,7 milhões de barris diários para 3,756 milhões de barris diários em 2023.
Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que prevê até 2023, um investimento estimado de R$ 17,4 bilhões em novas plataformas.

As previsões foram divulgadas na última quinta-feira (01/08) e preveem também um aumento na produção de gás natural de 118 milhões de metros cúbicos/dia para 167,6 milhões de metros cúbicos/dia, no mesmo período.
Alinhados com o pensamento de investimentos no setor de Petróleo e gás, a ANP comunicou também, nesta data, a aprovação do edital e dos modelos de contratos do leilão dos volumes excedentes da cessão onerosa, que deve acontecer no dia 6 de novembro.

Os documentos passarão por aprovação no Ministério de Minas e Energia e depois no Tribunal de Contas da União (TCU), antes de serem publicados no dia 6 de setembro.

Preço dos combustíveis

O diretor de Planejamento Estratégico e Mercado da Associação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, Helvio Rebeschini, explicou que a Petrobras ao fazer a correção dos preços dos combustíveis nas refinarias, o faz apenas em uma parte, não sendo a companhia a única responsável pelos aumentos.

Vale lembrar que a Petrobras anunciou na última quarta-feira (31/07), reajuste de 3,75% do preço médio do diesel e de 4% do preço médio da gasolina nas refinarias. Os novos valores passaram a valer em na quinta-feira (01/08).

“Isso é uma questão matemática. Se baixar 5% (o preço na refinaria), o percentual que vai cair (nos postos) não é 5%”, disse o diretor da Associação.

Ele explicou ainda que a forte competição na distribuição e revenda, impede o repasse integral do reajuste nas refinarias de petróleo.
Segundo levantamento da Associação que só neste ano, até o dia 20 de julho, o preço médio da gasolina nas refinarias aumentou 10,3%, e na bomba cresceu apenas 0,2%. No caso do diesel, o preço na refinaria avançou 14,2%, enquanto o valor na bomba aumentou 3%.

Leia aqui no seu portal CPG ! Petrobras comunicou que o Pré-sal atingiu o menor custo de extração da história !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)