Australiana Karoon escolhe TechnipFMC para fornecer equipamentos para o campo de Patola, na bacia de Santos

Flavia Marinho
por
-
01-02-2021 10:53:02
em Petróleo, Óleo e Gás
Karoon - Technip - santos - equipamentos

Karoon deve usar a mesma sonda de perfuração no desenvolvimento do campo de petróleo de Patola e para a perfuração em Neon, na bacia de Santos

Na última quinta-feira (28), a Karoon Energy anunciou os planos para aquisição de equipamentos necessários para o campo de Patola, na bacia de Santos e escolheu a TechnipFMC para fornecer itens de longo prazo para o desenvolvimento do ativo. Petrobras informa morte de colaborador em acidente ocorrido ontem (31/01), no FPSO Cidade de Mangaratiba.

Leia também

De acordo com o informe divulgado no balanço financeiro e operacional da empresa, referente ao quatro trimestre de 2020, as licitações que envolvem as obras que serão executadas para intervenções de poços de petróleo e desenvolvimento do campo de Patola, já estão sendo realizadas pela australiana Karoon.

A petroleira aguarda a Decisão Final de Investimento no desenvolvimento da área até o final do segundo trimestre de 2021.

Licitações da Karoon no Brasil

Além das licitações para as intervenções de poços de petróleo e desenvolvimento do campo de Patola, a empresa também está conduzindo uma licitação sobre uma potencial perfuração de um poço de controle na descoberta de Neon, também na bacia de Santos.

A Karoon deve usar a mesma sonda de perfuração no desenvolvimento do campo de petróleo de Patola e para a perfuração em Neon.

Também foram informados no relatório trimestral da Karoon, os resultados e planos para o campo de Baúna, comprado recentemente da Petrobras. A aquisição do ativo tornou a petroleira em uma das maiores produtoras de óleo da bolsa de valores da Austrália.

Segundo a empresa o FPSO Cidade de Itajaí, que opera na área, terá uma parada de manutenção anual programada de oito dias durante o mês de fevereiro.

A Karoon teve uma produção de quase 15 mil barris de óleo por dia durante o trimestre no campo e planeja aumentar esse volume por meio de otimização de baixo risco dos poços de produção existentes e do desenvolvimento da descoberta de Patola.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.