Petrobras perfura poço e identifica hidrocarbonetos no pré-sal da Bacia de Campos

Flavia Marinho
por
-
29-01-2021 11:55:16
em Petróleo, Óleo e Gás
hidrocarboneto - Petrobras URGENTE Bacia de Campos pre-sal

A gigante brasileira de petróleo e gás, Petrobras, identificou a presença de hidrocarbonetos em poço, no pré-sal da Bacia de Campos

A Petrobras informou em fato relevante na manha deste dia, 29 de janeiro, que identificou a presença de hidrocarboneto em poço pioneiro de petróleo do bloco C-M-411, localizado no pré-sal da Bacia de Campos, no Estado do Rio de Janeiro. Procurando emprego? Contratos de construção e montagem da Heftos demanda muitas vagas offshore hoje 29 de janeiro

Leia também

Os hidrocarbonetos são compostos formados apenas por carbono e hidrogênio, cuja principal fonte na natureza é o petróleo.

O poço 1-BRSA-1377-RJS, denominado informalmente de Urissanê, está localizado a aproximadamente 200 km da costa, em lâmina d’água de 2.950 metros, o qual constatou a presença de petróleo em reservatórios da seção pré-sal.

“Os dados do poço serão analisados para melhor direcionar as atividades exploratórias na área e avaliar o potencial da descoberta”, disse a Petrobras no comunicado.

Quer trabalhar em plataformas das Petrobras?

Mais de 100 vagas de emprego no setor de petróleo e gás! Ocyan inicia cadastro de currículo para contratos de manutenção da Petrobras

A Ocyan é uma empresa com atitude sustentável e conhecimento para prover soluções para o setor de petróleo e gás no Brasil e no exterior. A companhia anunciou cadastro de currículo para mais de 100 de vagas de emprego para atender contratos de manutenção onshore e offshore em São Paulo e Rio de Janeiro. Veja os cargos e requisitos a seguir e envie imediatamente seu currículo, caso se encaixe no perfil.

Bloco de petróleo C-M-411 no pré-sal da Bacia de Campos

O bloco C-M-411 foi adquirido em setembro de 2017, na 14ª Rodada de Licitação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), sob regime de concessão, em conjunto com os blocos C-M-210, C-M-277, C-M-344, C-M-346 e C-M-413.

A Petrobras é operadora do bloco e detém 50% de participação, em parceria com ExxonMobil Exploração Brasil Ltda. (50%).

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.