Petrobras informa morte de colaborador em acidente ocorrido ontem (31/01), no FPSO Cidade de Mangaratiba

Flavia Marinho
por
-
01-02-2021 09:19:52
em Petróleo, Óleo e Gás
ACIDENTE - PETROBRAS - FPSO - PLATAFROMA

Trabalhador morre em acidente durante uma atividade de inspeção no FPSO da Petrobras, o Cidade Mangaratiba, atualmente afretado pela japonesa Modec

Informações sobre um acidente fatal a bordo do FPSO Cidade de Mangaratiba (MV24) operado pela Modec e afretado pela Petrobras chegaram ao CPG ontem(31) à noite. Entramos em contato com as empresas envolvidas na operação e até o momento, a Petrobras foi a única que retornou com uma nota de esclarecimento a nossa assessoria de imprensa. Segue a comunicado oficial a seguir:

ANÚNCIO

“A Petrobras lamenta informar que, neste domingo (31/01), um alpinista industrial da empresa SISTAC faleceu após queda durante inspeção em um tanque do FPSO Cidade de Mangaratiba, afretada da MODEC, que opera no campo de Tupi, na Bacia de Santos.  O colaborador recebeu atendimento médico imediatamente no local, mas não resistiu. A Petrobras está em contato com a Sistac e a MODEC, que prestarão apoio à família. A companhia acompanhará o caso e, junto com a MODEC, criará uma comissão para apuração da ocorrência”, conclui a Petrobras em nota oficial ao Click Petróleo e Gás.

Linha do tempo dos acontecimentos a bordo do FPSO a partir do acidente

  1. Local/Instalação:* FPSO Cidade de Mangaratiba (MODEC)
  2. Evento:* Profissional Irata caiu de altura (10-15 m) dentro de tanque de carga da unidade, enquanto realizava trabalho de inspeção UTM (medição de espessura em tanques);
  3. Nome: Luiz Fernando Maciel Passos, 32 anos (a bordo 9 dias, supervisor IRATA, da empresa SISTAC, desde 2012 na empresa, atuando como supervisor na empresa desde Jan/2020)
  4. Data:* 31/01/2021
  5. Hora:* 15:52h*6. – Consequências:* confirmado óbito pelo médico RESGAER por volta das 18:30hs
  6. Situação Atual:* Liberação do corpo será feita amanhã junto com autoridades (RESGAER, ISC e MODEC envolvidas). Previsão de voo cargueiro amanhã de manhã para remoção do corpo.
  7. Impacto sobre o Dia Perfeito:* Sim
  8. Cenário COVID-19*: Vermelho (mais básico, sem intercorrências a bordo);
  9. Indicadores reativos : TAR: zero (2020), zero (2019)TOR: 5,43 (2020), 4,68 (2019)
  10. Comunicação aos órgãos externos: Polícia (ISC – Petrobras), ANP(Petrobras), Secretaria de Inspeção do Trabalho (SISTAC / MODEC), Marinha (MODEC).

Leia também

A gigante brasileira de petróleo e gás, Petrobras, identificou a presença de hidrocarbonetos em poço, no pré-sal da Bacia de Campos

A Petrobras informou em fato relevante na manha deste dia, 29 de janeiro, que identificou a presença de hidrocarboneto em poço pioneiro de petróleo do bloco C-M-411, localizado no pré-sal da Bacia de Campos, no Estado do Rio de Janeiro.

Os hidrocarbonetos são compostos formados apenas por carbono e hidrogênio, cuja principal fonte na natureza é o petróleo.

O poço 1-BRSA-1377-RJS, denominado informalmente de Urissanê, está localizado a aproximadamente 200 km da costa, em lâmina d’água de 2.950 metros, o qual constatou a presença de petróleo em reservatórios da seção pré-sal.

“Os dados do poço serão analisados para melhor direcionar as atividades exploratórias na área e avaliar o potencial da descoberta”, disse a Petrobras no comunicado. Leia a matéria completa aqui


⇒ Participe dos nossos grupos do Telegram e fique atento a todas as notícias do mercado de energia, empregos, projetos e outros assuntos microeconômicos do Brasil. Nossas informações sempre são direto das fontes e atualizadas. Acesse o Nosso Telegram aqui.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.