Agronegócio disfarça queda na demanda dos navios contêineres no Porto de Santos

Valdemar Medeiros
por
-
05-11-2020 09:49:14
em Economia, Negócios e Política
Agronegócio - navios - Porto de Santos

Indústria automotiva e química tiveram influência para o declínio na demanda dos navios contêineres do Porto de Santos  

O Brasil amarga a perda de 849.387 empregos entre janeiro e agosto de 2020, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério da Economia, esse resultado seria ainda pior não fosse o desempenho do agronegócio camuflando a queda na demanda dos navios contêineres no Porto de Santos.  

ANÚNCIO

Leia também

Exportações recordes no agronegócio  

Com exportações recordes de grãos e de outros produtos agrícolas impulsionados pelo valor do dólar, diversos segmentos do agronegócio têm contratado mão de obra.  

A exportação de produtos agrícolas tem impulsionado a contratação de trabalhadores. Entre janeiro e setembro de 2020, houve aumento de 2,5% do volume de produtos brasileiros exportados. A balança comercial brasileira está positiva em US$ 42,4 bilhões.  

Pandemia afetou a demanda dos navios contêineres no Porto de Santos e agronegócio camuflou  

Segundo vários especialistas a redução na demanda dos navios contêineres do Porto de Santos se deve principalmente ao fator Pandemia, uma vez que esta é uma das principais responsáveis pela redução das atividades industrias e consumo familiar.  

Os setores que contribuíram direta e indiretamente para a retração da demanda dos navios contêineres no Porto de Santos foram o setor de produtos químicos e automotivo.  

De acordo com especialistas ouvidos pela Folha, a retração na circulação dos contêineres é um dos impactos econômicos da pandemia, que reduziu o nível de atividade das industriais, o consumo das famílias e, consequentemente, as importações via portos. Os setores que mais contribuíram para essa queda foram o automotivo e o de produtos químicos.  

Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) enviou para o jornal da folha de vitória dados informando que a queda na demanda dos navios contêineres se iniciou desde março.  


⇒ Participe dos nossos grupos do Telegram e fique atento a todas as notícias do mercado de energia, empregos, projetos e outros assuntos microeconômicos do Brasil. Nossas informações sempre são direto das fontes e atualizadas. Acesse o Nosso Telegram aqui.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.