Vestas assinou novo contrato com a Casa dos Ventos para projeto de energia eólica

Valdemar Medeiros
por
-
25-12-2020 12:32:21
em Energia Renovável
Vestas - casa dos ventos - energia eólica Turbina eólica da Vestas

Novo projeto de energia eólica da Vestas e Casa dos ventos deve chegar no segundo semestre de 2021

A Vestas assinou novo contrato com a Casa dos Ventos para o empreendimento Babilônia 360 MW, localizado nos municípios de Morro do Chapéu e Várzea Nova, na Bahia. Quarto contrato entre as empresas em apenas dois anos, o pedido leva a cooperação para além da marca de 1,5 GW e destaca a posição da Casa dos Ventos como o maior cliente da Vestas na América Latina e um dos maiores investidores no desenvolvimento de projetos eólicos em Brasil. 

Leia também

80 turbinas de energia eólica  da Vestas

O pedido inclui 80 turbinas eólicas V150-4.2 MW entregues em modo otimizado de energia de 4,5 MW, bem como um contrato de serviço de 20 anos Active Output Management 5000 (AOM 5000), otimizando a produção de energia durante a vida útil do projeto.

“Este pedido destaca a forte parceria que temos com a Casa dos Ventos e nossa visão compartilhada de um futuro sustentável”, afirma Eric Gomes, Diretor de Vendas da Vestas no Brasil. “Apenas dois meses após o lançamento, já atingimos mais de 1,3 GW na entrada de pedidos no Brasil para a nossa nova atualização de modo otimizado de energia de 4,5 MW para a turbina V150-4,2 MW. Estamos orgulhosos de que nossa liderança em tecnologia continua a nos permitir apoiar com sucesso nossos clientes em leilões ”.

Casa dos ventos passa a fornecer mais energia renovável

A maior parte da produção do projeto será utilizada pela Casa dos Ventos para fornecer energia renovável a clientes corporativos por meio de contratos de compra de energia corporativa (PPA), mas uma parte será dedicada ao atendimento do mercado regulado como resultado do leilão A-6, realizado em 2019.

“Os 1,5 GW que conquistamos com este quarto contrato reforçam a liderança da Casa dos Ventos no setor e reafirma nosso compromisso com a transição energética no Brasil, mas também em escala global. Os parques eólicos que receberam ou vão receber esses equipamentos vão gerar energia suficiente para incluí-los entre os maiores do mundo, além de desenvolvimento econômico para o país ”, afirma Lucas Araripe, diretor de novos negócios da Casa dos Ventos. A entrega dos aerogeradores está prevista para o segundo semestre de 2022, com comissionamento previsto para o segundo trimestre de 2023.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.