Venda de sucata da P71 e P72 vai gerar 400 empregos no Estaleiro Rio Grande


Estaleiro Rio Grande

Atividades de remoção de mais de 100 mil toneladas de estruturas que pertenciam a P71 e P72 estão sendo vendidas como sucata e devem gerar cerca de 400 postos de trabalho dentro do estaleiro Rio Grande, no sul do país

Conforme o Click Petróleo e Gá informou, no mês passado, a Ecovix está vendendo como sucata, as estruturas das plataformas P71 e P72, cujos contratos foram cancelados e reiniciadas na China.
Visando efetuar o desmanche das estruturas, a Ecovix, administradora do Estaleiro Rio Grande, estima a criação de 400 empregos para realizar a tarefa, que para sua diretoria é essencial para a limpeza da área do estaleiro e futura volta das atividades do pólo naval gaúcho.

As estruturas vem sendo leiloadas aos poucos, mas a estimativa da Ecovix, é que no total, 100 mil toneladas de aço tenham que ser desmontadas das plataformas e leiloadas como sucata.
A atividade está prevista para durar cerca de um ano e ano momento a Ecovix aguarda a conclusão dos leilões para iniciar o desmonte das estruturas.

Atualmente 125 funcionários já trabalham nesta atividade dentro do estaleiro, mas a expectativa dos proprietários do Estaleiro Rio Grande é que no auge dos serviços sejam gerados 400 postos de trabalho diretos e indiretos.

Recuperação judicial

As vendas do aço das plataformas P71 e P72 tiveram início em abril e fazem parte do plano de recuperação judicial da Ecovix, homologado em agosto de 2018 pela Justiça.

Segundo o diretor de operações da Ecovix, Ricardo Ávila, os leilões do aço são parte essencial no plano de recuperação da empresa, já Laurence Medeiros, representante da Medeiros & Medeiros Administração judicial, lamentou o corte de uma plataforma que estava quase em condições de flutuabilidade no dique do estaleiro.

Ambos ressaltaram a importância que a atividade tem no futuro da empresa, que buscando diversificação de suas atividades, conseguiu no início do ano, liberação na assembléia Legislativa de Rio Grande para operar como Terminal Portuário, exportando granéis sólidos de origem vegetal, como cavaco de madeira.

Estaleiro Wilson Sons conclui navio para prestar serviço à Petrobras ! Saiba mais aqui !

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.
Categorias: Sem categoria
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.