Acidente em plataforma da Petrobras: helicóptero se choca contra a sonda da Diamond Offshore e cinco pessoas ficam feridas

Flavia Marinho
por
-
04-06-2021 10:18:43
em Petróleo, Óleo e Gás
plataforma - acidente - petrobras - diamond offshore - helicóptero - Omni - bacia de santos - feridos - trabalhadores - petroleiros Helicópetro Omni em colisão com a plataforma da Diamond Offshore afretada pela Petrobras na Bacia de Santos / Fonte: Reprodução – Google

Helicóptero colidiu na quarta (02/06) em exercício de treinamento na sonda SS-75 Ocean Courage da Diamond Offshore, arrendada à Petrobras, na Bacia de Santos, cerca de 45 km da costa do Rio

Um helicóptero da empresa Omni Táxi Aéreo, com base em Macaé, que realizava um exercício a cerca 45 quilômetros da costa, na altura da cidade do Rio de Janeiro, colidiu com uma unidade marítima localizada arrendada pela Petrobras, na Bacia de Santos. O acidente ocorreu na última quarta-feira (02/06) e deixou cinco pessoas feridas. As informações são da Sindpetro NF e de pessoas próximas no momento do ocorrido.

Leia também

O fato só foi informado na noite de ontem (03/06). Segundo informações, três tripulantes da aeronave ficaram feridos. Outras duas pessoas, que trabalham na plataforma, sofreram escoriações leves.

Até o momento, não há informações sobre as causas do acidente, mas informações preliminares dão conta de que a máquina colidiu contra estruturas da plataforma enquanto se aproximava para pouso.

De acordo com as fotos, a aeronave envolvida, de matrícula PR-OTF (man 41573), é uma das mais novas da frota da Omni Táxi Aéreo, tendo entrado em operações em 21 de maio de 2021.

O vídeo mostra um exemplo de aproximação para a SS-75.

Nota da Omni Air

Em nota, a empresa informa: “Prezado colaborador, recebemos a notificação de que uma aeronave de nossa companhia se envolveu em um acidente agora há pouco às 19h35.”

“O acidente ocorreu durante um treinamento noturno, cujas causas ainda não são conhecidas e a aeronave OTF, modelo AW139, está no helideck da plataforma. Temos a informação de que três tripulantes estavam a bordo e foram encaminhados para a enfermaria da unidade e estão bem.

“Acionamos imediatamente o nosso Plano de Resposta a Emergências e, logo que apurarmos mais informações, as divulgaremos. Estamos à disposição para quaisquer esclarecimentos”.

Sindipetro se solidariza e acompanha apuração sobre acidente com helicóptero na SS-75

O Sindipetro-NF acompanha junto à categoria petroleira os desdobramentos de acidente com helicóptero na SS-75, no campo de Búzios, na noite da última quarta. A entidade não representa formalmente os petroleiros e petroleiras da unidade, que fica na Bacia de Santos, mas manifesta a sua preocupação e se coloca em solidariedade na atenção com a segurança de voo.

O coordenador do Departamento de Saúde do sindicato, Alexandre Vieira, explicou que, embora a entidade não tenha ação específica neste caso, vai acompanhar a investigação das causas do acidente, que será coordenada pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos).

O sindicalista também destacou que o acidente aconteceu durante “um treinamento para resgate aeromédico, que é importante e necessário”.

De acordo com informações recebidas pelo sindicato em grupos de whatsaapp da categoria petroleira, o acidente aconteceu às 19h35, envolvendo um helicóptero operado pela empresa Omni utilizado em um treinamento de pouso noturno. A aeronave colidiu contra o helideck da unidade, levando ao tombamento. A tripulação conseguiu sair do helicóptero por conta própria.

Descrição e cronologia do sinistro operacionalComunicação preliminar de Acidente (POCOS/SM/ES/RDS):Tipo: Colisão de Helicóptero

Empresa: Omni Taxi Aéreo – Data: 02/06/2021 – Horário: 19:35 – Site/instalação: SS-75 (Ocean Courage – sonda em recebimento)

Descrição: Durante treinamento de voo noturno ocorreu colisão do helicóptero contra o helideck da Unidade SS-75, levando ao tombamento do mesmo sem incêndio, apenas fumaça, a qual foi combatida pela brigada da unidade com uso de espuma. Tripulação conseguiu evacuar o helicóptero por conta própria com pequenas escoriações (Classe 1). Helicóptero se encontra fora do helideck, entre o casario e o riser bay. Situação atual sob controle, disponibilidade do helideck em análise.

Dados do(s) Acidentado(s):

  • Função/Cargo do acidentado: a ser confirmado
  • Tempo de experiência na função: a ser confirmado
  • Tempo de experiência na empresa: a ser confirmado
  • Situação atual (estado de saúde): Estável. Atendimento de primeiros socorros.
  • Ações adotadas: Motor resfriado com uso de espuma. Em estudo estaiamento da aeronave até definição de procedimento de resgate.
  • Operação/instalação paralisada: Recebimento Paralisado.
  • Necessário desembarque: Em avaliação
  • Necessário resgate aeromédico: Em avaliação

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe