URGENTE! Incêndios atingem estaleiro Brasfels e Refinaria da Petrobras, as causas dos acidentes ainda são desconhecidas

Flavia Marinho
por
-
15-06-2020 18:53:07
em Refinaria e Termoelétrica
URGENTE! Incêndios atingem estaleiro Brasfels e Refinaria da Petrobras causa dos acidentes-min

Incêndio de grandes proporções atinge Refinaria da Petrobras em Duque de Caxias e o estaleiro Brasfels, em Angra dos Reis, ambos no estado Rio de Janeiro. Bombeiros estão no local do acidente.

Uma triste notícia nesta tarde de segunda-feira (15) envolvendo a Refinaria Duque de Caxias (Reduc), da Petrobras e o Estaleiro Brasfels. As unidades estão sofrendo incêndios de grandes proporções. Com meta de cortar 2 bilhões de dólares em custos operacionais, Petrobras busca a suspensão temporária de contratos com fornecedores

Leia também

REDUC PETROBRAS – No momento não há informações sobre os danos causados e se algum trabalhador ficou ferido. O Corpo de Bombeiros atua no local para contornar as chamas.

Ainda não se sabe ainda a causa do incêndio. Segundo relatos, as chamas teriam atingido as linhas de movimentação de combustível, tornando mais complexo o trabalho de contenção do fogo. O setor da planta atingido seria a parte de abastecimento.

Estaleiro Brasfels – O incêndio já foi controlado pela própria brigada de incêndio do estaleiro nesta tarde. As causas deste acidente também estão sob investigação.

Sobre a Refinaria Duque de Caxias (Reduc) – Petrobras

A Refinaria Duque de Caxias (Reduc) é uma das maiores em capacidade instalada de refino no país. A unidade é responsável por 80% da produção de lubrificantes e também responde pelo maior processamento de gás natural do Brasil.

A planta possui ainda o maior portfólio de produtos da Petrobrás – no total, são 55 produtos processados em 43 unidades.

Sobre o Estaleiro Brasfels

É uma empresa multinacional na área de construção e reparos de navios e plataformas, sendo a mesma uma subsidiária do grupo Keppel Cooporation de Cingapura.

Leia também: Estaleiros Brasfels e Jurong: Cronograma das sondas da Sete Brasil sofrem novo atraso, desta vez em virtude da pandemia

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.