Início Stellantis desenvolve novo motor de quatro cilindros Firefly1.6 Turbo para carros híbridos

Stellantis desenvolve novo motor de quatro cilindros Firefly1.6 Turbo para carros híbridos

3 de agosto de 2022 às 12:23
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Stellantis desenvolve novo motor de quatro cilindros Firefly1.6 Turbo para carros híbridos
O 1.0 e o 1.3 Firefly (agora rebatizados de GSE) se tornaram os mais potentes de seus segmentos – Stellantis/Divulgação

Stellantis, anunciou o investimento de US$ 99 milhões para a construção de um novo motor de quatro cilindros que será instalado em carros híbridos.

A Stellantis já está focando em sua eletrificação no mercado europeu, entretanto, nos Estados Unidos, a coisa ainda caminha em passos mais curtos, sendo assim, o grupo decidiu aplicar novos investimentos de US$ 99 milhões para modernizar três fábricas norte-americanas. As novas unidades serão responsáveis pela produção de um novo motor de quatro cilindros, que terá 1.6 litro e será de uso específico para carros híbridos fabricados nos EUA, Canadá e México.

Motor de quatro cilindros da Stellantis chegará ao mercado automotivo em 2025

Serão modernizadas as plantas da Stellantis de Dundee Engine Complex em Michigan, Etobicoke Casting Plant em Toronto e Kokomo Casting Plant em Indiana. O motor de quatro cilindros do grupo contará com um turbocompressor e injeção direta de combustível, sendo configurado para ser utilizado em carros híbridos plenos.

Artigos recomendados

Com produção em grande escala prevista para acontecer em 2025, o propulsor será derivado do GSE Firefly 1.5 Turbo, atualmente utilizado por modelos como Renegade e Jeep Compass na Europa. Lá, o GSE 1.5 Turbo é utilizado apenas em carros híbridos ou plug-in, por conta do alto torque em baixas rotações.

Desta forma, o que haverá no Canadá e nos EUA será o GSE Firefly 1.6 Turbo, sendo um motor exclusivo da região para atuação em futuros carros híbridos da Stellantis. É importante ressaltar que, atualmente, o motor de quatro cilindros já poderia equipar modelos da Jeep, como o Compass e o Renegade, por exemplo.

Fábricas da Stellantis construirão outros motores com foco no mercado brasileiro

Não se sabe os números do Firefly 1.6 Turbo, mas a montagem será realizada em Dundee, Michigan, que continuará com a produção do Pentastar Upgrade de 3,6 litros para os Jeep Grand Cherokee L e Grand Cherokee.

Na mesma fábrica, o motor Tigershark de 2,4 litros será desenvolvido no primeiro trimestre do próximo ano, enquanto nas unidades de Etobicoke e Kokomo será realizada a fundição do bloco e do cárter, respectivamente.

Com o novo motor de quatro cilindros 1.6 para carros híbridos, a família GSE Firefly se expande, tendo os turbinados 1.0, 1.3 e 1.5 litros, assim como as variantes utilizadas em território brasileiro com 1.0 e 1.3 litro, entretanto, com duas válvulas por cilindro.

No Brasil, em algum momento dos próximos anos, a Stellantis deve lançar um novo motor para carros híbridos ou utilizar uma modificação em um dos propulsores atuais para servir como gerador.

Tesla anuncia motor elétrico

Além da Stellantis, a gigante do setor de carros elétricos, Tesla, de Elon Musk, apresentou recentemente seu novo motor para carros elétricos que, de acordo com o empresário, pode entregar um desempenho muito melhor ao setor se comparado com os propulsores atuais. Além disso, Elon Musk afirma que a empresa possui grandes planos para este ano, com estratégias ainda mais visionárias em relação às anteriores. As estratégias estão sendo ainda mais inovadoras.

O multibilionário revelou que o próximo motor elétrico da Tesla será coberto por carbono e trará um índice de RPM muito maior.

O novo motor, que deve ser instalado em um Tesla Roadster, foi criado pela empresa como parte da atualização do motor anunciado em outubro do último ano. Segundo Musk, a chegada deste novo propulsor pode trazer uma grande redução na complexidade do trem de força, expandindo o desempenho e a eficiência.

O executivo ainda acrescenta que o novo motor que chegará em breve é tão bom que a empresa poderia substituir sua linha atual por veículos equipados com o mesmo sem fazer nenhuma alteração.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes