Solução para as mudanças climáticas? Estudo propõe usar água do mar para extrair bilhões de toneladas de CO2 da atmosfera

Fábio Lucas
por
-
08-06-2021 09:05:13
em Energia Renovável
meio ambiente co2 mudanças climáticas atmosfera Photo by Mauro Shared Pictures

Projeto de universidade americana estuda a possibilidade de retirar dos mares o dióxido de carbono, também conhecido como CO2

O mundo tem que deter as mudanças climáticas para evitar consequências terríveis ao meio ambiente. A grande parte dos especialistas afirmam que para frear o aquecimento global, bem como os seus malefícios que vem com ele, é necessário a remoção do dióxido de carbono, também conhecido como gás carbônico ou CO2, da atmosfera. 

Porém, essa é uma missão difícil, já que certa de 37 bilhões de toneladas métricas é emitido anualmente no planeta. Agora, uma equipe de pesquisadores da Universidade da Califórnia (UCLA), trouxe à tona um novo caminho que pode extrair bilhões de toneladas de dióxido de carbono da atmosfera. A ideia seria extrair o CO2 da água do mar, já que a água retém cerca de 150 vezes mais dióxido do que o ar. 

O processo que está sendo desenvolvido é similar a uma concha no fundo do oceano, captando, assim, o dióxido de carbono. Várias empresas startups buscam uma alternativa de retirar da atmosfera o dióxido de carbono. O processo estudado pela UCLA se inspira no mundo natural, se chamando de “coleta e armazenamento de carbono em uma única etapa, ou sCS’’. 

Gaurav Sant, autor do estudo, em um comunicado com a imprensa, disse: “Para mitigar as mudanças climáticas, precisamos remover o dióxido de carbono da atmosfera em um nível entre 10 bilhões e 20 bilhões de toneladas métricas por ano’’. Ele afirmou que é necessário se inspirar na natureza para cumprir uma meta tão ousada de CO2. 

O oceano atua como uma espécie de esponja de CO2 da atmosfera. Entretanto, o oceano já está saturado e não aguenta mais tamanho descaso. A ideia da empresa é retirar o CO2 dos mares, possibilitando que ele sugue ainda mais CO2 da atmosfera. Essa é a ideia principal do projeto estudado. A ideia é acelerar a transformação de dióxido de carbono em minerais

Mudanças climáticas: Método revolucionário pode ajudar o meio ambiente, mas é muito caro

Nos testes em laboratório, os cientistas desenvolveram uma ferramenta que puxa a água do mar, criando calcário e Magnesita, sendo esses os mesmos materiais que os moluscos criam para formar as conchas. A máquina poderia ficar em terra, coletando a água, fazendo todo o processo e devolvendo para o oceano. Veja um exemplo abaixo do projeto que pode frear as mudança climáticas.

meio ambiente co2 mudanças climáticas atmosfera
Imagem de como funcionará as máquinas de extração de CO2. Imagem: UCLA Institute for Carbon Management

Como a água do mar retém até 150 vezes mais CO2 do que o ar, qualquer método que envolva a água será muito mais eficiente. Além disso, o projeto sCS consegue produzir hidrogénio como subproduto, podendo ser usado para alimentar a própria máquina ou até mesmo ser vendido como combustível para mover veículos movidos a hidrogênio. 

Porém, primeiramente, é necessário estudar para ver uma viabilidade economia. O estudo indica que seriam necessários cerca de 1.800 das suas células para extrair cerca de 10 bilhões de toneladas de CO2 por ano. Esse projeto seria inviável financeiramente hoje, já que custaria trilhões de dólares. 

Tags:
Fábio Lucas
Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.
fwefwefwefwefwe