SolarZ recebe investimentos milionários da BossaNova e Domo Invest para aceleração de dois novos produtos: SolarZ CRM e SolarZ Bank

Daiane Souza
por
-
29-04-2022 15:09:14
em Energia Renovável, Energia Solar
SolarZ recebe investimentos milionários da BossaNova e Domo Invest para aceleração de dois novos produtos: SolarZ CRM e SolarZ Bank - Fonte: Canvas SolarZ recebe investimentos milionários da BossaNova e Domo Invest para aceleração de dois novos produtos: SolarZ CRM e SolarZ Bank – Fonte: Canvas




A SolarZ é uma startup brasileira que faz parte do Cubo Itaú.  Em suma, ela recebeu o investimento milionário de R$ 1,5 milhões para que haja a aceleração de dois projetos que estão em andamento. As empresas que decidiram investir na instituição são a Bossanova e a Domo Invest. O mercado de energia solar movimenta milhões no Brasil e promete ser cada vez mais promissor: o investimento se paga, em grande parte, em até cinco anos.  

O  Bossanova Investimentos é uma micro empresa que faz uma série de investimentos em marcas que estão em ascensão no Brasil como é o caso da SolarZ, que promete produtos de qualidade a preços que sejam mais em conta. Já em relação a Domo, é uma das principais gestoras do grupo Venture Capital no Brasil.

Vídeo institucional  te ajuda a entender mais sobre o que é a SolarZ

Novos investidores se mostraram satisfeitos com a aplicação e acreditam que os retornos podem vir em breve 

João Kepler, CEO da Bossanova, mostrou-se positivo com a nova aplicação da empresa e argumenta que os resultados deverão começar a aparecer em breve. Segundo ele, estão animados em relação à expectativa de estar investindo em uma área em processo de expansão, como a energia solar. O valor que foi fornecido pela marca estaria ajudando a  antecipar as finalização de dois projetos da instituição, sendo eles o SolarZ CRM e SolarZ Bank.

Artigos recomendados

Franco Pontillo, gestor do Fundo Anjo e sócio na DOMO Invest, tem a mesma opinião ao dizer que esse foi apenas um dos próximos investimentos que a Domo pretende fornecer para a realização de pesquisas e desenvolvimentos inovadores para o mercado.  Segundo ele, a energia solar é de suma importância para o aquecimento da economia global, principalmente neste momento em que há uma expressa escassez das fontes hídricas em nosso país. 

Entenda quais são os dois projetos criados pela instituição 

O SolarZ CRM foi um projeto criado para entender melhor sobre como funcionam os processo de pré e pós compra dos seus clientes para que consigam deixar a experiência ainda mais automatizada e especializada.

Já o segundo projeto, tem como objetivo fornecer uma linha de crédito  para todas as empresas, que podem ser desde MEI (microempreendedor individual) até SAS, que têm interesse em colocar a energia solar mas que ainda não tem um fundo para isso. Dessa forma, seria possível pagar o valor emprestado através de parcelas pequenas e com juros reduzidos. 

No Brasil, a solar é uma das líderes do mercado que, deve, em questão de pouco tempo, se tornar um dos mais ricos do Brasil. Thiago Silvano, CEO da Solar, afirma que espera que tenham mais de 170 mil usinas monitoradas até o ano de 2023. Isso levando em conta de que teriam começado do zero durante o ano de 2020, há dois anos. O negócio está previsto para contar com cerca de 2,3 mil integradores.  Silvano argumenta que estão como um “foguete” e que, com os novos investimentos, os retornos financeiros deverão ser maiores, permitindo que haja maior investimento em pesquisa. 

 Vale salientar que a empresa também está com um evento aberto para inscrições e que vai acontecer no dia 05 de maio, na cidade de Belo Horizonte. Até o fechamento desta matéria, o evento já estava contando com a confirmação de comparecimento de mais de 400 pessoas. O intuito do encontro é discutir mais sobre o desenvolvimento do mercado de energia solar e quais as expectativas dele para o futuro. 

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Daiane Souza
Em formação em jornalismo pela Uniasselvi. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).