SENAI inaugura Instituto especializado em energia eólica e solar, no Rio Grande do Norte, que promete mudar o cenário brasileiro no mercado de energia renovável

Valdemar Medeiros
por
-
18-06-2021 11:25:18
em Energia Renovável
Senai - Rio grande do norte - energia renovável - Instituto Senai de Inovação em Energias Renováveis – créditos: Ascom/Senai

O Senai inaugurou, nesta semana, sua unidade que será especializada em energia renovável, no Rio Grande do Norte, e vem ganhando destaque nas mídias por conta de seu laboratório focado no setor eólico, conhecido como “Túnel de Vento”

Na última terça-feira (15), Dia Mundial do Vento, foi inaugurado o Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis, no Rio Grande do Norte. A unidade promete trazer soluções, que têm como objetivo impulsionar a sustentabilidade brasileira, reduzindo os custos e criando mais eficiência na geração distribuída do mercado de energia renovável, incluindo tanto a energia eólica, quanto a energia solar.

Leia também

Autoridades se pronunciam em relação à unidade do Senai no Rio Grande do Norte

Segundo Amaro Sales de Araújo, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte, o estado é líder nacional na geração de energia eólica e tem os maiores investidores no setor instalados no território. Além disso, a nova unidade do Senai busca apoiar essas empresas não só do RN, mas de todos os estados brasileiros.

Ela promete trazer várias modernidades para agregar valor e transformar projetos, que antes eram problemas, agora em soluções. De acordo com Emerson da Cunha Batista, diretor regional do SENAI/RN, o Instituto faz parte das ações do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER), a unidade do Senai que capacita mão de obra para as indústrias.

Conheça a unidade do Senai especialista em energia renovável

O ISI-ER faz parte de uma rede formada por 26 institutos de Inovação, que foram implantados pelo SENAI no país para atender às mais diferentes necessidades da indústria. A inauguração foi realizada nesse dia para reforçar a importância da energia eólica.

A unidade, localizada em Natal, no Rio Grande do Norte, será a principal referência do Senai para pesquisa, desenvolvimento e inovação focada em energia eólica e solar.

O Túnel de Vento

Entre os maiores destaques da unidade energia eólica e solar do Senai é o Túnel de Vento, o primeiro laboratório para atender as demandas do setor eólico do Brasil. Ele realiza pesquisas, presta serviços de calibração de anemômetros e também possibilita a avaliação de desempenho de estruturas.

Quando o laboratório focado em energia eólica começar suas operações, reduzirá pelo menos 3 meses o tempo de logística que as empresas gastam para realizar seus serviços no exterior, em países europeus.

O Túnel de Vento irá se juntar com laboratórios do setor de energia renovável e de sustentabilidade do Senai. As operações são desenvolvidas por equipes de pesquisadores que são formadas por meteorologistas, engenheiros, químicos e geógrafos. O Rio Grande do Norte, que foi escolhido como sede, é um dos que mais produzem energia eólica no Brasil e não só isso, é o estado com a maior potência prevista para os próximos anos.  

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.