Scala Data Centers anuncia data centers em São Paulo que operam totalmente com energia renovável

Valdemar Medeiros
por
-
11-03-2021 11:54:22
em Energia Renovável
Data centers - energia renovável - São Paulo Data centers – Fonte: reprodução Google

Operadora de Datacenters brasileira inaugura projeto em São Paulo e afirma que será inteiramente movido com energia renovável

Scala Data Centers, uma das principais operadoras do Brasil, anunciou seu sexto data centers em São Paulo e certificou que toda a energia utilizada em suas instalações será energia renovável.

Leia também

O SP4 será uma instalação de 23 MW com inauguração prevista para dezembro de 2021, com o SP5 pesando 40 MW e o SP6 será um local de 12 MW. A provedora, fundada em abril de 2020 pelo fundo de investimentos norte-americano Digital Colony , assinou um contrato de 10 anos com a concessionária de energia AES Tietê e outro com a Engie Brasil Energia, ambos garantidos por certificados de energia renovável para os data centers em São Paulo .

Acordo de compra de energia

“Além de um contrato que já tínhamos com a Engie que nos garantia energia de fontes renováveis, fizemos uma importante negociação de um PPA (Contrato de Compra de Energia) de oito anos com a AES Tietê cuja geração é hidrelétrica e, portanto, 100% fontes renováveis ”, disse o CEO da Scala, Marcos Paigo, em entrevista à editora do DCD Brasil, Tatiane Aquim.

“Adquirimos os dois certificados emitidos pelo International REC Standard (I-REC), que é um sistema global que permite o rastreamento e a certificação de energias renováveis.”

Inauguração o correrá em dezembro

O recém-anunciado data center SP4 terá capacidade de 23 MW em dois edifícios, um dos quais será para um único cliente de hiperescala enquanto o outro servirá o “ecossistema” de colocation. A inauguração está prevista para dezembro e terá a certificação LEED.

A construção do SP5 e do SP6 terá início em 2022. Com 30MW, o SP5 será voltado para hiperscaladores, podendo ser a maior instalação da América Latina. O SP6 terá uma escala menor para clientes de colocation, com capacidade de 12MW.

Além disso, a Scala planeja mais duas zonas de disponibilidade no estado de São Paulo, cada uma com pelo menos um novo data center greenfield, com início previsto para o final de 2022, de acordo com artigo postado em seu site.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe