Raízen fecha contrato com Yara para fornecimento de gás natural renovável de longo prazo

Roberta Souza
por
-
22-09-2021 15:56:08
em Petróleo, Óleo e Gás
Gás natural – Raízen Raízen/ Fonte: Pipeline-Globo

O contrato do fornecimento de gás natural da Raízen para a Yara é de cinco anos e o volume envolvido na transação é de 20 mil metros cúbicos diariamente

Na última segunda-feira (20/09), a Raízen anunciou sua primeira venda de longo prazo para gás natural renovável, ou biometano, com a Yara Brasil Fertilizantes, em um contrato de cinco anos. O volume envolvido na transação é de 20 mil metros cúbicos por dia, acrescentou a companhia que é controlada pela Cosan. Confira ainda esta notícia: New Fortress Energy fatura 15 anos de contrato para fornecer gás natural à refinaria Alunorte, no Pará, que pertence à norueguesa Norsk Hydro

O fornecimento da Raízen para Yara

O fornecimento do gás natural (biometano) será efetuado por meio do portfólio da Raízen, utilizando os resíduos do processo de produção de etanol, vinhaça e torta de filtro, nos parques de bioenergia do grupo e o produto será utilizado pela Yara para a produção de hidrogênio e amônia verde em seus parques industriais.

Segundo a Raízen, essa operação no mercado livre de gás natural reforça o compromisso da empresa em disponibilizar para seus clientes produtos e soluções que permitam a redução das emissões de gases de efeito estufa através do aumento da eficiência e da circularidade de seus processos, sem necessidade de aumento de área plantada, apoiando a descarbonização da matriz energética global.

Confira também: Petrobras e Gerdau assinam contrato para fornecimento de gás natural em Minas Gerais

A Petrobras e a Gerdau assinaram contrato para o fornecimento de gás natural no ambiente livre de comercialização para atendimento à unidade da Gerdau, localizada em Ouro Branco, no estado de Minas Gerais. O contrato assinado entre as empresas representa a primeira migração contratual de um cliente do mercado cativo para o mercado livre e um marco no processo de abertura do mercado de gás natural.

Rodrigo Costa, diretor de Refino e Gás Natural da Petrobras, diz que o acordo direto, entre a Petrobras e a Gerdau, materializa a orientação da Petrobras de ir ao encontro dos objetivos do consumidor, ofertando novos produtos e soluções comerciais aderentes às necessidades dos clientes, garantindo confiabilidade, competitividade, flexibilidade e satisfação para ambas as empresas.

Para a Petrobras o contrato com a Gerdau, faz parte da carteira de novos produtos lançados em 2021, que oferece aos seus clientes novas condições comerciais, possibilitando-lhes uma melhor gestão de seu portfólio de compras de gás natural. O contrato acordado representa a indexação de um mix de produtos, com vigência até 2025. O contrato confere à Gerdau segurança de suprimento e condições comerciais mais aderentes ao seu perfil de atuação, sendo que o início do fornecimento está previsto para ocorrer em 1º de janeiro de 2022 e após a celebração de contrato de serviço de distribuição entre a Gerdau e a respectiva Companhia Distribuidora Local, em consonância com a evolução legal e regulatória do mercado de gás natural de Minas Gerais.  

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe