R$ 2 bilhões serão investidos em obras pela Votorantim Energia e CPP, para construção de usinas eólicas no Nordeste

usinas, eólica, nordeste, obras, usinas, eólica, nordeste, obras,

Mais investimentos para o setor de energia renovável! CPP e Votorantim Energia irão construir usinas eólicas na região Nordeste

A Votorantim Energia e CPP (CPP Investimenst – joint venture formada pela Votorantim Energia e o Canada Pension Plan Investment Board) irão construir dois novos complexos eólicos no Nordeste e irão desembolsar cerca de R$ 2 bilhões nas obras (Ventos do Piauí II e III).

No mercado de energia eólica desde 2015 com o projeto Ventos do Piauí I (operante desde 2017 com potência instalada de 205,9 MW), a Votorantim Energia firmou a join venture com a CPP Investiments para que pudessem prover o desenvolvimento do setor de energia limpa no Brasil.

O início das obras está previsto para o início do próximo ano e sua conclusão está prevista para 2023. Nesse intervalo de tempo, inúmeros empregos serão gerados, de forma direta e indiretamente, para suprir as necessidades das obras.

Já as operações das usinas eólicas estão previstas para 2022. Cada complexo terá cinco parques eólicos localizados na região da Serra do Inácio, entre os estados do Piauí e Pernambuco. Juntos, os dois complexos terão potência instalada somada de 411,6 MW.

De acordo com o CEO da Votorantim Energia e o presidente do conselho da join venture, Fábio Zanfelice, “Juntamente com os parques Ventos do Piauí I e Ventos do Araripe III, estes projetos irão compor o maior cluster de geração eólica do Brasil. A Joint Venture será responsável por 5% da base de geração eólica do País e 36% da base de geração eólica no Piauí. Serão 976,2 MW de capacidade instalada de geração, sendo 745,2 MW naquele estado e 231,0 MW em Pernambuco“.

Entretando, 60% da capacidade dos complexos já está contratado pelas empresas Votorantim Cimentos e pela Companhia Brasileira de Alumínio, a CBA. O restante será comercializado no mercado livre.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe