Projeto milionário – Neoenergia abre chamada pública de projetos de eficiência energética para as áreas industriais, comércio e serviço, residencial e prédios do poder público

Roberta Souza
por
-
05-11-2020 17:16:47
em Economia, Negócios e Política
Neoenergia, projetos, comércio, indústria Empresa Cosern

A chamada pública da Neoenergia totalizará R$ 41,4 milhões e o valor do projeto será destinado aos setores da indústria, comércio, serviço e mais

A Neoenergia acaba de abrir as chamadas públicas de projetos de eficiência energética nas concessionárias da companhia – Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN) e Elektro (SP/MS). Somando as seleções das quatro distribuidoras, serão disponibilizados R$ 41,4 milhões para as ações escolhidas, de acordo com os critérios estabelecidos nos editais. As regras cumprem as determinações do Programa de Eficiência Energética (PEE), regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Veja ainda outras notícias do dia:

As inscrições vão até o dia 13 de janeiro de 2021, e todos os tipos de consumidores dos setores citados acima que mantêm contato com o franqueador podem se cadastrar. As ações selecionadas nesta chamada pública podem ocorrer ao longo de 2021.

Ana Christina Mascarenhas, gerente de Eficiência Energética da Neoenergia, diz que “A chamada pública torna o processo de escolha dos projetos contemplados no Programa de Eficiência Energética ainda mais transparente e democrático. O objetivo é estimular o uso mais eficiente de energia, com práticas sustentáveis”.

Os distribuidores devem alocar 0,5% da receita operacional líquida ao Programa de Eficiência Energética a cada ano.

Os projetos cujos beneficiários são organizações sem fins lucrativos – incluindo departamentos governamentais com caridade ou de natureza assistencial – serão implementados por meio de acordos de cooperação, e outros projetos serão executados por meio de contratos de desempenho.

Sobre a Neoenergia:

A Neoenergia é uma empresa de capital aberto com ações (NEOE3) negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. Controlada pela espanhola Iberdrola, atua no Brasil desde 1997, sendo uma das líderes do setor elétrico do país.

Presente em 18 estados, seus negócios estão divididos nas áreas de geração, transmissão, distribuição e comercialização. As distribuidoras da companhia, Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN) e Elektro (SP), atendem a 14 milhões de unidades consumidoras, que somam, ao todo, 34 milhões de pessoas.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe