Porto de Santos pretende disponibilizar cerca de 150 mil metros quadrados para novos estacionamentos rotativos para caminhões

Valdemar Medeiros
por
-
01-12-2020 12:31:13
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
Porto de Santos - estacionamentos - caminhões Porto de santos

O porto de Santos, no litoral de São Paulo, pretende disponibilizar em torno de 150 mil metros quadrados para novos estacionamentos para caminhões e a ideia é que os outros portos brasileiros também adotem a ideia

Segundo a autoridade portuária SPA (Santos Port Authority), serão abertas 5 novas áreas para estacionamento dos caminhões: quatro delas na margem direita, na região de Santos, e uma delas na área esquerda do Porto de Santos, próximo ao Guarujá.

Leia também

SPA informa que fará oferta para terceiros

A SPA informa que fará, no primeiro trimestre de 2021 um chamado público, para disponibilizar a venda afim de exploração desses locais por terceiros, na região do Porto de Santos, que deverão prover infraestrutura para os motoristas de caminhões. Hoje, essas áreas destinadas aos estacionamentos, tem equivalência de 18 campos de futebol, mas a sua maioria estão invadidas.

Motoristas de caminhões reclamam do preço dos estacionamentos privados

Segundo relatam motoristas de caminhões, os estacionamentos privados cobram em torno de R$ 600 ao mês. O motorista Vinicius Fragoso, diz que quem não pode pagar fica à mercê, das multas em áreas proibidas para estacionamentos, fora os assaltos.

Logo após meses de baixa produtividade, por intermédio da covid-19, os motoristas de caminhões vivenciam uma alta nos fretes e de novos pedidos, em prol da retomada das atividades na indústria de cargas no país e às encomendas via comércio de forma eletrônica.

Porto de Santos afirma que não há filas na cidade portuária desde 2014

Presidente do Sindicam, Alexsandro Viviani discorre sobre o aumente do fluxo de carga, e assim com ela o aumento das filas até o final do ano. Porém o Porto de Santos descarta tal risco e afirma que não há filas na cidade portuária desde o ano de 2014, quando foi adotado um sistema de agendamento. Desde então, segundo a SPA, nenhum terminal portuário recebe mais que sua capacidade de atendimento.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe