Por US$ 300 milhões, Petrobras realiza venda de sua participação em campos onshore e de águas rasas à Petro+, no estado de Alagoas

Petrobras – onshore – Alagoas Campo de petróleo onshore e logo da Petrobras/ Fonte: Só Sergipe

A Petrobras realizou hoje (06/07) a venda total de sua participação no campo onshore e de águas rasas, localizadas no estado de Alagoas

A Petrobras informou em uma nota publicada ao mercado, que assinou com a empresa Petromais Global Exploração e Produção S.A. (Petro+) o contrato para a cessão da totalidade de sua participação em um conjunto de sete concessões terrestres (onshore) e de águas rasas denominada Polo Alagoas, localizadas no estado de Alagoas. O acordo foi feito pelo valor de US$ 300 milhões. Veja ainda: Por US$ 1,5 milhão, Petrobras realiza venda de sua participação de campo onshore à Petrom, na Bacia de Sergipe – Alagoas

Venda do campo onshore da Petrobras à Petro+

O valor da venda total da Petrobras à Petro+ foi de US$ 300 milhões, sendo: (a) US$ 60 milhões pagos nesta data e; (b) US$ 240 milhões a serem pagos no fechamento da transação. Os valores não consideram os ajustes devidos até o fechamento da transação, que está sujeito ao cumprimento de certas condições precedentes, tais como a aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Segundo a estatal, a presente divulgação da venda do campo onshore e de águas rasas está de acordo com as normas internas da Petrobras e com as disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos, previsto no Decreto 9.355/2018.

O Polo Alagoas, local do campo onshore e de água rasas

O Polo Alagoas, onde fica localizado o campo onshore e de águas rasas que foi vendido pela Petrobras, compreende sete concessões de produção, seis terrestres – onshore (Anambé, Arapaçu, Cidade de São Miguel dos Campos, Furado, Pilar e São Miguel dos Campos) e a concessão do campo de Paru localizada em águas rasas, com lâmina d’água de 24 metros.

A produção média do polo de janeiro a maio de 2021 foi de 1,9 mil bpd de óleo e condensado e de 602 mil m³/d de gás gerando 0,9 mil bpd de LGN (líquidos de gás natural). Além dos campos e suas instalações de produção da Petrobras, está incluída na transação a Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) de Alagoas, cuja capacidade de processamento é de 2 milhões de m³/dia, e que é responsável pelo processamento de 100% do gás do polo e pela geração de LGN.

Veja ainda: Petrobras realiza venda de campo de petróleo onshore na Bacia de Sergipe – Alagoas

Em nota publicada ao mercado, a Petrobras informou que, em continuidade ao comunicado divulgado em 05/08/2020, finalizou hoje a venda de sua participação de 50% no campo de petróleo onshore de Dó-Ré-Mi, localizado na Bacia de Sergipe-Alagoas, no estado de Sergipe, para a empresa Centro-Oeste Óleo e Gás Ltda.

Após o cumprimento de todas as condições precedentes, a venda do campo de petróleo onshore da Petrobras foi concluída pelo valor de US$ 37,6 mil, que já havia sido pago à estatal na data de assinatura do contrato de compra e venda, no dia 5 de agosto do ano passado. A presente divulgação está de acordo com as normas internas da Petrobras, e com as disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos, previsto no Decreto 9.355/2018.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos