Por R$ 1,7 bilhão, Pátria Investimentos compra usinas hidrelétricas da britânica ContourGlobal e ainda pode adquirir eólicas

Roberta Souza
por
-
21-01-2022 19:18:36
em Economia, Negócios e Política
Usinas - usinas hidrelétricas - negócio Foto: Reprodução Google Imagens




Além das usinas hidrelétricas, a Pátria Investimentos pode comprar também os ativos de energia eólica da ContourGlobal, que é dona do complexo Asa Branca, localizado no Rio Grande do Norte

A gestora Pátria Investimentos fechou a aquisição de nove usinas hidrelétricas da empresa britânica ContourGlobal no Brasil, em um negócio que totalizou R$ 1,73 bilhão. Essas usinas as quais o fundo irá comandar operam sob contratos de longo prazo, com capacidade de 168 MW. O negócio somou R$ 178 milhões em Ebitda (lucro antes de impostos, taxas, depreciação e amortização) no último ano, encerrado no mês de setembro, de acordo com a ContourGlobal.

Veja ainda outras notícias:

Do valor total do negócio com as usinas hidrelétricas, o Pátria irá pagar R$ 898 milhões pelos ativos e comprometer o valor que resta em dívidas. A conclusão da negociação está prevista para ocorrer no segundo trimestre de 2022 e depende da aprovação dos reguladores, incluindo o Cade e a Aneel.

A companhia britânica ContourGlobal declarou que conferiu exclusividade ao fundo para uma potencial operação caso, além das usinas hidrelétricas, o Pátria deseje comprar também os ativos de energia eólica da empresa. A ContourGlobal é dona do complexo Asa Branca, no Rio Grande do Norte, com capacidade de geração de 160 MW.

Pátria Investimentos tem avanço em infraestrutura

Patria Investments está entre as líderes em gestão de ativos alternativos na América Latina e possui mais de 30 anos de experiência na compra de participações em empresas (private equity) e nos setores de infraestrutura, imobiliário e crédito. Dentre essas áreas, o Pátria está recebendo destaque por participar dos leilões de concessão de infraestrutura do governo.

“Por meio de nossos investimentos, buscamos transformar indústrias e solucionar gargalos estruturais, gerando retornos atrativos para nossos investidores, enquanto criamos valor sustentável para nossa sociedade”, declara a gestora.

Voith Hydro irá modernizar e aumentar a vida útil das turbinas da usina hidrelétrica de Paulo Afonso

A Usina Hidrelétrica Paulo Afonso II localiza-se no Complexo Hidrelétrico de Paulo Afonso, na Bahia, sob concessão da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) e está operando desde 1961. A Usina irá passar pela primeira modernização em duas das seis turbinas da planta. Serão reformadas as máquinas 8 e 9, do tipo Francis e, além disso, serão revisadas as seis comportas e seus sistemas de acionamento hidromecânicos. As demais turbinas irão receber novos filtros e auxiliares mecânicos.

Andreas Wellmann, o Presidente e diretor executivo da Voith Hydro América Latina, afirmou que um procedimento de modernização como esse é de extrema importância para o prolongamento da vida útil das máquinas, de forma a evitar falhas para o sistema integrado. “Vale ressaltar que as hidrelétricas, além de garantir a produção de energia limpa e renovável para o Sistema, podem suportar outras fontes limpas, como eólica e solar”, declarou.

A Chesf começou a construir a usina hidrelétrica de Paulo Afonso II em 1961 e concluiu a obra seis anos depois, em 1967. A Usina tem seis unidades geradoras, sendo duas unidades com potência unitária de 70MW, uma unidade com potência unitária de 75MW e três unidades com potência unitária de 76MW, totalizando 443MW de potência instalada. Em junho de 2021, a Voith Hydro também assinou contrato com a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) para modernizar a Usina Hidrelétrica Paulo Afonso IV, no mesmo Complexo Hidrelétrico. Confira esta matéria na íntegra clicando aqui.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos