Início Petrobras fecha parceria com o CDP e fará mapeamento das emissões de carbono nos serviços oferecidos pela sua cadeia de fornecedores

Petrobras fecha parceria com o CDP e fará mapeamento das emissões de carbono nos serviços oferecidos pela sua cadeia de fornecedores

21 de maio de 2022 às 05:22
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Os fornecedores de serviços à Petrobras terão suas emissões de carbono mapeadas após a estatal fechar uma parceria com o órgão CDP visando reduzir o máximo possível de impactos ambientais dentro da cadeia de fornecimento dos recursos
Foto: Petrobras

Os fornecedores de serviços à Petrobras terão suas emissões de carbono mapeadas após a estatal fechar uma parceria com o órgão CDP visando reduzir o máximo possível de impactos ambientais dentro da cadeia de fornecimento dos recursos

Uma parceria entre a Petrobras e a Carbon Disclosure Project (CDP) foi fechada durante os últimos meses e até esse sábado, (21/05), continua a todo vapor como forma de garantir mais sustentabilidade dentro das operações da empresa. O contrato assinado permite que a CDP realize o mapeamento das emissões de carbono dos fornecedores de serviços à estatal para que haja um maior controle sobre os impactos ambientais em toda a cadeia de comercialização junto a essas empresas.

Após parceria com a Petrobras, órgão CDP realizará o mapeamento das emissões de carbono nos serviços dos fornecedores da estatal brasileira nos próximos meses

A CDP é uma organização internacional sem fins lucrativos que busca mais sustentabilidade dentro do comércio global e realiza o mapeamento das emissões de gases que contribuem para o efeito estufa, como o carbono, em empresas do mundo inteiro. Agora, o órgão será responsável por um grande número de mapeamento nos fornecedores de serviços à Petrobras, após a estatal fechar uma parceria para a realização do projeto de sustentabilidade durante os próximos meses. 

Artigos recomendados

Assim, a estatal tem como principal objetivo promover o incentivo aos fornecedores da Petrobras a medir e reportar emissões, no contexto da transição para uma economia de baixo carbono, que é o cenário atual do mercado internacional. Dessa forma, todo o mapeamento da CDP em relação à emissão de carbono será feito com base no escopo 3, ou seja, aquele que resulta da produção de bens e serviços necessários às atividades e operações de uma empresa, visando tornar a cadeia de fornecimento de serviços mais sustentável. 

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Todo o projeto de mapeamento das emissões de carbono foi iniciado já durante o mês de abril, logo após a assinatura do contrato entre as companhias, e continuará durante os próximos meses. Com isso, a CDP começou a realizar o contato com mais de 500 fornecedores de serviços à Petrobras para responderem um questionário sobre o mapeamento e o monitoramento de emissões. E, embora a participação no mapeamento das emissões de carbono seja voluntária, as companhias estão investidas em garantir um pouco mais de sustentabilidade nessas operações. 

Adesão ao programa de mapeamento das emissões de carbono no fornecimento de serviços será essencial para iniciativa de sustentabilidade da estatal

Todos os fornecedores que foram contatados para a contribuição dentro do projeto de sustentabilidade da Petrobras em parceria com a CDP são essenciais para a cadeia de serviços da empresa. Isso pois a estatal afirmou que a seleção das empresas participantes foi definida a partir de critérios de representatividade financeira e da função crítica para as operações da companhia. Dessa forma, é de extrema importância para o mapeamento das emissões de carbono que as companhias estejam abertas ao estudo, 

Por isso, a gerente executiva de Suprimentos, Bens e Serviços da Petrobras, Marina Quindere, destaca a importância da adesão ao programa como forma de contribuir para o plano de sustentabilidade da Petrobras e afirma: “Acreditamos que a adesão a este programa do CDP reforça o compromisso da Petrobras com a redução de emissões de carbono, além de produzir um efeito mobilizador na cadeia de valor da companhia junto a centenas de fornecedores da companhia”.

Toda essa iniciativa faz parte do Programa Carbono Neutro da Petrobras, que busca identificar o desenvolvimento das soluções para descarbonização da empresa ao menor custo e garantir um compromisso ambiental maior nas operações. Agora, a estatal seguirá com o programa da CDP para garantir todos os estudos necessários e verificar as soluções para os problemas.

Relacionados
Mais recentes