Home > Sem categoria

P-76 emprega cerca de 5 mil profissionais na fase de integração

Paulo Nogueira
por
-
18-04-2018 14:27:39
em Sem categoria

A plataforma está prevista para sair do estaleiro em outubro da Techint no Pontal do Paraná para operar no Campo de Búzios.

As atividades para integrar os sistemas da plataforma P-76 na base offshore da empresa Techint no Pontal do Paraná estão prestes a ser concluídos, mas precisamente no mês de outubro. A próxima etapa dos testes estão sendo focados no termino das instalações elétricas neste momento. Esta unidade foi arrendada pela Petrobras, ir irá produzir no Campo de Búzios, que está localizado no pré-sal da Bacia de Santos. Ricardo Ourique, que é o diretor chefe da Techint, afirma que mais de 5000 colaboradores estão a serviço da empresa neste empreendimento.

Luis Guilherme, responsável pela diretorial comercial da firma, ressalta que a margem de conteúdo local está na margem de 71%. Lembrando que 15 destes  módulos de processamento foram feitos na UOT( aonde a Techint está localizada) em um total de 20 que estão sendo construídos. Somando todos os módulos instalados na P-76, o peso fica em incríveis 24 mil toneladas e pode produzir até 150 mil barris diariamente de petróleo e capacidade de processamento de 7 milhões de metros cúbicos de gás. Vejam os vídeos das obras:

Se vocês quiserem deixar seus currículos no banco de dados da empresa, coloquem o seguinte endereço em seus navegadores: https://careers.techint.com/search/. Não estamos dizendo que há processos seletivos em andamento, mas é apenas um dica no sentido de ampliar suas chances profissionais. O site parece estar em espanhol, mas não deve ser difícil de compreender os termos, todo via, usem o Google Tradutor para qualquer dúvida.

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.
fwefwefwefwefwe