Início Óleo & Gás: setor o qual a segurança é um fator crítico

Óleo & Gás: setor o qual a segurança é um fator crítico

1 de agosto de 2022 às 13:26
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Plataforma de petróleo
Fonte: pexels.com

Entenda como esse fator pode garantir a competitividade necessária em um mercado tão crítico e exigente como a do Óleo & Gás

O setor de Óleo & Gás representa um importante pilar de crescimento e recuperação econômica no Brasil e no mundo. De acordo com relatórios da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), a demanda mundial deverá aumentar para 3,36 milhões de barris por dia até o final deste ano, resultando em uma recuperação significativa em relação à queda do setor em 2020. 

Mesmo com esse impacto positivo no setor, a escassez destes recursos naturais exigiu extrações em locais cada vez mais remotos e perigosos, tornando ainda mais desafiador manter a segurança das equipes na operação.  Esse movimento mais exigente em busca da extração e produção, pede mais e mais tecnologia para sua viabilidade. É preciso muita tecnologia – desde recursos para aumentar a produtividade/eficiência até soluções para cuidarem da segurança dos profissionais que ficam expostos a temperaturas extremas e condições adversas.

Artigos recomendados

O segredo está em soluções integradas

Basicamente, para que esse que é um dos trabalhos mais desafiadores do mundo possa superar as questões de segurança, todas as tecnologias em Óleo & Gás devem ser avaliadas e concebidas como uma solução integrada, para melhorar a colaboração entre os departamentos, independentemente do segmento em que estão localizados: upstream (exploração, descoberta e produção), midstream (transporte) ou downstream (distribuição).

Dario Mojica, especialista em comunicações empresariais na Motorola Solutions
Dario Mojica, especialista em comunicações empresariais na Motorola Solutions

As tecnologias de comunicação e vídeo são algumas que podem apoiar sensivelmente esse setor. Uma plataforma digital de petróleo que viabilize uma comunicação clara e de longo alcance, pode reduzir acidentes e os tempos de resposta a problemas potenciais. As soluções de vídeo segurança com análise avançada de autoaprendizagem e os alertas de controle de acesso permitem detectar riscos, para que os profissionais possam se sentir mais seguros em sua área. Por exemplo, no centro de controle, onde é utilizado software de gerenciamento de vídeo, é possível monitorar vários locais remotos com baixo consumo de largura de banda e sem perder a qualidade dos detalhes da cena, graças à resolução das câmeras à prova de explosão que operam com segurança em áreas de alto risco.

Em instalações com recursos de conectividade via Bluetooth e GPS por exemplo, é possível enviar alarmes às pessoas certas durante emergências e criar alertas quando um profissional está inativo por determinado período. Também é possível configurar o geofencing em áreas de alto risco para enviar notificações à planta quando os profissionais estão na área, para estar atentos a eles e reconhecer pessoas de interesse.

Os rádios bidirecionais também são indicados para esse tipo de ambiente. Os profissionais podem compartilhar voz e dados mutuamente para colaboração e assistência em tempo real se um contratempo ou incidente ocorrer. Estes rádios devem ter a capacidade de reduzir ainda mais o ruído de fundo, assegurando que a mensagem chegue ao destinatário de forma clara e rápida. Além da eliminação de ruído, os rádios e acessórios precisam ser especialmente projetados para resistir ao fogo, água e quedas ou golpes fortes, por exemplo.

Com adoção de tecnologias de comunicação e com recursos de conectividade, é possível gravar eventos em voz e áudio para fornecer evidências do que ocorre em todas as áreas de trabalho durante o expediente e responder imediatamente – em casos de eventos não-programados. A capacidade de registrar e gerenciar incidentes dá mais segurança aos profissionais e à toda organização.

A segurança e a produtividade estão profundamente interligadas. Ao certo, companhias que podem contar sistemas de comunicação unificados, além de recursos de segurança, voz, vídeo e dados, conseguirão minimizar o tempo de inatividade, melhorar a eficiência e gerar melhores resultados em todos os segmentos da indústria – garantindo a competitividade necessária em um mercado tão crítico e exigente.

(*) Por Dario Mojica, especialista em comunicações empresariais na Motorola Solutions

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes