Início Navio da China vai desembarcar 619 mil painéis solares para usina de energia solar do Ceará

Navio da China vai desembarcar 619 mil painéis solares para usina de energia solar do Ceará

12 de janeiro de 2022 às 13:24
Compartilhe
Siga-nos no Google News
usina solar - energia solar - Ceará - painéis solares - placas solares - China - Navio
Painéis de energia solar – foto: Freepik/Salanzes.C

Mais de meio milhão e painéis solares vindos da China: usina solar será construída em Caucaia, no Ceará, próxima à reserva de comunidades tradicionais dos indígenas e quilombolas. Órgão do estado ficará responsável pelas vistorias e emissão de licença para construção da unidade geradora de energia solar

Ainda nesta semana, no Porto do Pecém, no Ceará, um navio vindo da China chegará carregado com cerca de 231 contêineres, de 40 pés cada um, fazendo milhares de painéis solares destinados a geração de energia solar fotovoltaica. Este carregamento irá para a construção da nova usina solar fotovoltaica de Sítios Novos, localizada em Caucaia, na região metropolitana de Fortaleza. O projeto, que foi aprovado pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema), está à espera da licença para que seja feita a instalação da usina. Essa licença será emitida pela Semace (Superintendência Estadual do Meio Ambiente).

Leia também

Nova usina solar no Ceará gerara potência em torno de 219,99 megawatts

A Lavras 6 Energias Renováveis S.A será responsável pelas importações. A empresa é controlada pela Canadian Solar do Brasil, subsidiária da Canadian Solar. A Lavras 6 estará à frente da construção da nova usina solar fotovoltaica do Ceará. A usina já está em fase de implantação e ficará em uma área de 528 hectares dos 726 hectares da Fazenda Lavras.

Para o processo de geração de energia solar, cerca de 619.710 placas solares que estão chegando da China serão instaladas. Para plena operação, haverá uma potência nominal de 196,04 megawatts totais e de potência instalada ficará em torno de 219,99 megawatts. De acordo com análise feita pela Semace, só na fase inicial de instalação das placas solares, cerca de 300 empregos serão gerados.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

A Semace buscou ressaltar que a usina solar é considerada de “baixo potencial poluidor-degradador” e também de interesse público. A Semace também deixou claro que, no âmbito ambiental, se houver o descumprimento de qualquer das condições impostas pela superintendência, suspenderá a licença da usina solar imediatamente.  

Exigências da Semace para a instalação da usina solar em Caucaia

Entre os inúmeros requisitos exigidos pela Semace, alguns dos principais é que não seja realizada nenhuma interação do projeto da usina solar com as unidades de conservação, tais como em comunidades tradicionais residentes da região, ou seja, indígenas e quilombolas.

A Semace informou que praticamente toda a área onde será construída a usina solar é desabitada, mas, em uma certa parte dela, cerca de 12 famílias seguem vivendo nos arredores do local. A superintendência irá monitorar e suavizar os impactos ambientais que estão previstos para a fase inicial de instalação. O Ceará atualmente é o sétimo estado com maior potencial instalado do Brasil, registrando cerca de 41,43 MW, em junho de 2021.

Na capital Fortaleza, o potencial instalado atualmente é de 13,44 megawatts (MW). De acordo com registro de dados, os maiores potenciais instalados estão em Aquiraz (3,71 MW), Iguatu (2,47 MW), Juazeiro do Norte (2,40 MW) e Limoeiro do Norte (1,89 MW). O estado do Ceará, ao todo, possui 2.587 usinas geradoras de energia fotovoltaica.  

A logística do transporte rodoviário no Porto de Pecém será toda feita pelo Grupo Martins e também pela empresa de transporte cearense Brok Logística, do empresário Edson Brok. A previsão é de que o transporte seja de 56 contêineres por semana.

Com 895 painéis solares, Ceará inaugura a maior usina solar pública do estado

O Governo do Ceará inaugurou uma usina solar com potência de 400 kWp, que está situada no Centro de Treinamento do Trabalhador Cearense (CTTC/IFCE), na última quinta-feira (30). A planta de energia solar conta com uma área coberta de 1,8 mil m² por 895 painéis solares, inversores elétricos e cabos distribuídos sobre os blocos C, D e E do Centro. De acordo com o governo do Ceará, essa usina solar recebe o título de maior empreendimento público de geração de energia solar no estado atualmente.

Situada no Pecém, a planta com painéis solares produzirá energia para utilização nas dependências do CTTC e também para a Secretária da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado (Secitece), em Fortaleza.

A estimativa do Ceará é que a usina solar forneça uma economia anual de R$ 360 mil nas despesas em eletricidade, além da redução na tarifa energética, em uma parceria com o IFCE, envolvendo também empresas da região. A usina solar servirá de base para a qualificação de muitos profissionais para o setor de energia sustentável.

Relacionados
Mais recentes