Multinacionais de Mineração líderes da América Latina, investem em segurança inteligente para acelerar o crescimento no setor

Flavia Marinho
por
-
28-07-2021 10:37:33
em Indústria e Construção Civil
mineração - américa latina - multinacional - indústria - minérios - exportação Mineração / Imagem Axis

Investimento em segurança inteligente acelera o crescimento das indústrias de Mineração e torna o diferencial das grandes líderes mundiais do setor

A mineração é um dos setores com maiores oportunidades de crescimento na América Latina. De acordo com a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), Brasil, Chile, México e Peru concentram 85% das exportações, o que representa um desafio para a gestão e eficiência operacional. Segundo a CEPAL, entre os fatores associados ao futuro aumento da demanda por minérios está a mudança tecnológica, que inclui, entre outros fatores, uma inovação que facilite o desenvolvimento e a adoção da “mineração verde” e o uso de tecnologia para minimizar o impacto ambiental.

Leia também

Em relação à tecnologia, a mineração possui uma importante área de desenvolvimento, ou seja, apesar da indiscutível inovação para a extração de minerais, é necessária uma abordagem de segurança que permita alinhar o setor aos acordos da Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável. “Desta forma, a Axis encontrou na tecnologia de videomonitoramento em rede um aliado do setor de mineração, uma vez que as imagens desempenham uma função essencial para o cumprimento das operações de acordo com os protocolos internacionais de segurança no trabalho, colocando a segurança das pessoas como ponto de partida para garantir a continuidade da atividades críticas e gerando um impacto positivo na indústria”, comentou Glaucio Silva, Gerente Nacional de Vendas da Axis.

Segurança dos trabalhadores é fundamental na área de mineração

O especialista destaca que a proposta tecnológica de empresas como a Axis Communications foca na segurança desde o perímetro até o núcleo crítico das operações, onde as soluções de vídeo, áudio e análise inteligente convergem para proteger o dia a dia e otimizar processos, protegendo pessoas e ativos. Nesse sentido, a segurança do perímetro em áreas de mineração é a primeira peça do quebra-cabeça.

Os avanços tecnológicos têm levado à implantação de sistemas de monitoramento inteligente que permitam maior rentabilidade para uma gestão eficiente de pessoas, recursos e instalações. A combinação de diversos recursos como câmeras de rede, câmeras térmicas, sensores de detecção e câmeras de alta definição, permitem maior alcance e eficácia para realizar uma defesa que se adapte às necessidades deste setor.

As soluções de proteção contra intrusão são equipadas para proteger todo o local, fornecendo monitoramento inteligente com base em sistemas de vigilância de imagens visuais e térmicas, dispositivos de radar, equipamentos de áudio, soluções de controle de acesso e software de análise. Esses elementos se combinam para criar um sistema de segurança que permite que várias zonas sejam monitoradas a partir de uma única sala de controle, fornecendo proteção completa, eficiente e econômica contra intrusões, especialmente em ambientes como o setor de mineração, onde as condições naturais são naturalmente desafiadoras.

Esta abordagem tecnológica visa fornecer as ferramentas necessárias para reduzir os riscos de intrusões de pessoas não autorizadas em áreas protegidas. Da mesma forma, visa garantir a vigilância proativa das operações para alertar em caso de riscos iminentes. Por exemplo, uma questão fundamental do setor de mineração é a segurança dos trabalhadores e como sua integridade física é garantida quando estão dentro de uma mina. Nesse sentido, a vigilância tem a capacidade de monitorar cada área crítica e fazer uma análise preditiva das situações, dessa forma pode identificar falhas nos processos, enviando sinais de alerta à central de monitoramento para agir rapidamente.

América Latina se consolidou como superavitária em minérios e metais

Em 2017, a América Latina se consolidou como superavitária em minérios e metais. O fato transforma algumas regiões em um flanco fácil para criminosos especializados neste tipo de ação. Assim, no que se refere à questão da segurança patrimonial, a proteção do perímetro com controles de acesso e tecnologias como o radar também possibilita a identificação de intrusões de pessoas suspeitas e mal-intencionadas. A solução de defesa gera a possibilidade de marcar linhas virtuais em áreas restritas e detectar pessoas que cruzam essas linhas. Deste modo, a tecnologia também se torna uma ferramenta útil para áreas de armazenamento e de preparação para a exportação.

Além disso, durante o processo de transferência de metal, foi notado o aumento nos índices de furto. De acordo com o relatório 2020 do Instituto Fraser e Camimex sobre a situação da mineração, em 2019 os 5 países mais inseguros para o setor eram Venezuela, México, Colômbia, Nicarágua e Guatemala, respectivamente. De acordo com o especialista do Axis, o referido relatório indica que é necessária uma vigilância permanente por terra e portos nas comunidades mineiras e por onde transitam os minerais.

As empresas, por sua vez, com um maior rigor nos procedimentos internos podem ajudar a garantir a viabilidade das operações e melhorar a segurança em suas instalações. “E é aqui que o papel da vigilância eletrônica se torna de vital importância, pois é uma tecnologia capaz de se adaptar às necessidades do setor, tanto na área quanto no transporte e transferência de ativos”, afirma Glaucio.

As estratégias para a proteção dos ativos de mineração vão desde iniciativas governamentais até o apoio a empresas privadas. “A proposta de videovigilância inteligente para um setor seguro em termos de operações, bens e pessoas, materializa muitas das propostas de organismos como a ONU. É necessária uma visão mais holística entre a tecnologia e o esforço humano, dessa forma o resultado será um setor com amplas possibilidades de desenvolvimento econômico e sustentável”, afirma.

Sobre a Axis Communications

Fundada na Suécia em 1984, a Axis oferece soluções de segurança inteligentes para um mundo mais seguro e eficiente. Atualmente a empresa conta com mais de 3.646 funcionários próprios em mais de 50 países ao redor do mundo e é apoiada por uma rede internacional de mais de 90.000 parceiros.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe