MME informa que produção de petróleo diminuiu nos campos de Tupi e de Búzios, no mês de fevereiro

Roberta Souza
por
-
13-03-2021 19:08:40
em Petróleo, Óleo e Gás
produção, petróleo, búzios Plataforma de óleo e gás/ Fonte: reprodução – Via Google

Segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), as paradas das plataformas de petróleo nos campos de Búzios e de Tupi derrubaram a produção de petróleo

O Ministério de Minas e Energia informou que a produção de petróleo do campo de Búzios e Tupi tiveram queda no mês de fevereiro. Segundo Bento Albuquerque, ministro do MME, a plataforma P-74 e a redução da plataforma FPSO Cidade de Maricá, no campo de petróleo de Tupi, e no campo de Búzios, apresentaram queda na produção de petróleo e gás natural, sendo 1,71% e 3,94%, respectivamente.

MME divulga dados sobre a Covid-19

De acordo com o relatório de monitoramento semanal Covid-19 divulgado pelo MME, as refinarias da Petrobras apresentaram queda no fator de utilização no final da semana passada, depois de abrir a semana em alta.

O anúncio informava do MME que, no último fim de semana, o preço médio de refino caiu para 77,7% após atingir 80% nas semanas anteriores. Em levantamento dos dois primeiros dias de fevereiro deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, as vendas de querosene de aviação continuaram em queda acentuada (-42,3%), o que vem ocorrendo desde o início da pandemia devido à redução das viagens.

Produção de petróleo

Campo de Tupi: O campo de Tupi, cujo nome foi alterado, em setembro de 2020, de campo de Lula (por questões judiciais), é um campo petrolífero localizado na Bacia de Santos, no litoral do estado do Rio de Janeiro. A produção fica entre 5 e 8 bilhões de barris de petróleo de boa qualidade, ou seja petróleo relativamente leve, além de gás natural associado.

Campo de Búzios: O maior campo de petróleo em águas profundas do mundo, é um ativo de classe mundial, com petróleo de ótima qualidade, reservas substanciais, baixo risco e baixo custo de extração. Situa-se a 180 km da costa brasileira e a mais de 5.000 metros de profundidade. Possui área de 850 km², com espessuras de reservatórios de até 480 metros e excelente qualidade da rocha reservatório. Os mais de 45 poços perfurados até o momento confirmam a excelente produção e qualidade do reservatório.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos