Maracaju – MS vai ganhar usina de etanol a base de milho que promete gerar mais de 2 mil oportunidades de empregos diretos e indiretos durante sua fase de construção

Valdemar Medeiros
por
-
01-08-2021 10:48:38
em Indústria e Construção Civil
MS - usina - empregos - oportunidades - Maracaju - construção Secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel em viagem a Maracaju – créditos: msnews

A CerradinhoBio investirá 1 bilhão na construção de uma usina de etanol de milho no MS que promete gerar mais de 2 mil oportunidades de empregos diretos e indiretos e terá capacidade de processar 1,2 milhão de toneladas por ano

Mato Grosso do Sul está avançando na produção de etanol e na geração de energia limpa após o anúncio da Neomille, uma usina de etanol de milho que terá sua construção iniciada no ano que vem, em Maracaju (MS), gerando diversas oportunidades de emprego para a população local.

Leia também

Usina de etanol no MS receberá investimento de 1 bilhão

Nesta sexta-feira (30), o governador do MS, Reinaldo Azambuja ao lado do secretário, Jaime Verruck, da Semagro, assinaram um termo de acordo do Governo do Estado com a empresa, confirmando fomentos fiscais previstos no MS Empreendedor. A usina de etanol, Neomille, é um empreendimento da CerradinhoBio, um dos maiores complexos produtores de bioenergia da América Latina.

No total, serão investidos R$ 1 bilhão na planta em Maracaju. A usina trará ao MS cerca de 150 oportunidades de emprego diretos e mais 500 empregos indiretos com os serviços terceirizados. No pico das obras, serão gerados cerca de 2 mil oportunidades de emprego na construção civil. A usina de etanol terá sua construção às margens da rodovia MS-157 em uma área de 115 hectares.

A estimativa de processamento anual é de 1,2 milhão de toneladas de milho ao final de todo o processo de implantação da usina, e com mais de 510 mil metros cúbicos/ano de etanol produzidos. Quando estiver em funcionamento a estimativa é que a usina possa gerar 100 Gigawatts de energia e produzir óleo de milho.

Autoridades se pronunciam sobre o novo investimento

Para o secretário Jaime Verruck, o etanol de milho agregará valor ao grão e trará um rendimento aos produtores da matéria-prima. É necessário ter uma expansão na produção do milho, em função da instalação da nova usina e também de outra que será construída em Douradas.

De acordo com o CEO da CerradinhoBio, Paulo Motta, a localização privilegiada para obter a matéria-prima e para escoar os produtos, em soma ao ambiente de negócios favorável foram os fatores decisivos para que a empresa escolhesse o município de MS.

Segundo o executivo, Maracaju é a maior produtora de milho do estado e possui ótimas condições para a compra de biomassa e comercialização de coprodutos. A unidade trará mais oportunidades para os negócios de agricultores e pecuárias, afirmou Motta.

Conforme o cronograma da empresa, durante os próximos meses será conduzido o processo de licenciamento ambiental ao lado do Imasul, sendo previsto o início da construção da primeira fase da unidade em março do próximo ano e o término em agosto de 2023.

MS rumo à sustentabilidade

O empreendimento da CerradinhoBio, conhecido como Projeto Greenfield, segue os padrões internacionais de sustentabilidade e deverá reduzir suas emissões de carbono a zero.

De acordo com o secretário da Semagro, o projeto está totalmente incluso em seu programa Estado Carbono Neutro e foi concebido para gerar menos impacto ao meio ambiente. Está situado próximo a um linhão de energia elétrica, tendo em vista que produzirá energia de biomassa. Para que isso seja possível, o projeto utilizará eucalipto, incentivando a nova cadeia produtiva na região.

Participaram da solenidade em Maracaju o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, o gerente de Originação de Grãos e Negócios Agrícolas, Eduardo Paiva, o diretor de Novos Negócios e Planejamento Estratégico da CerradinhoBio, Renato Henrique Pretti e o prefeito Marcos Calderan.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe