Líder em tecnologia do comércio eletrônico – Mercado Livre irá inaugurar novos centros de distribuições em Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina

Valdemar Medeiros
por
-
13-11-2020 10:53:26
em Economia, Negócios e Política
Mercado livre - comercio eletrônico - Minas Gerais Avião do Mercado Livre

O Mercado Livre – Líder em tecnologia do comércio eletrônico, segue o mesmo caminho da Amazon e anuncia que abrirá mais cinco galpões de distribuição no país, um deles em Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina

Dos cinco armazéns do Mercado Livre, quatro vão operar no modelo de execução: serão duas unidades em Cajamar (SP), uma em Extrema (MG) e outra em Celso Ramos (SC). Nessa modalidade, os vendedores parceiros deixam seus produtos no centro de distribuição antes mesmo da venda e o líder do comércio eletrônico se responsabiliza pela separação, embalagem e envio aos consumidores.

Leia também

Entregas mais rápidas via Mercado Livre – Líder do comércio eletrônico

O quinto armazém para expansão do comércio eletrônico, localizado na cidade de Guarulhos, interior de São Paulo, está estrategicamente localizado próximo ao aeroporto internacional da cidade e vai operar em sistema de “cross-docking”, no qual o fornecedor parceiro da plataforma guarda os produtos e administra seus estoques até o momento venda, quando o Mercado Livre coleta as unidades para distribuição aos clientes.

Com os novos armazéns, o mercado livre passa a ter sete centros de distribuição no Brasil e ainda há a promessa de abrir 13,5 mil novos postos de trabalho logísticos até o final do ano que vem, expandindo cada vez mais o comércio eletrônico no Brasil.

Mercado Livre

O Mercado Libre (ou Mercado Livre) é uma empresa especializada no setor de comércio eletrônico com sede em Buenos Aires, na Argentina, fundada em 1999 por Marcos Galperin. Atualmente, a companhia opera em 19 países, como Brasil, Argentina, Portugal, Colômbia, Costa Rica, Paraguai, Uruguai, Venezuela, entre outros.

Lançado inicialmente no formato de negociações em leilões online, o site foi posteriormente ampliado para possibilitar a venda e a compra de produtos das mais diversas categorias, se tornando o serviço de ecommerce mais popular da América Latina e conquistando a marca de 35 milhões de usuários ativos em 2016 somente no Brasil.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.