Início Jovem desenvolve moto elétrica utilizando madeira e painéis solares; veículo consegue rodar por uma semana sem recarga

Jovem desenvolve moto elétrica utilizando madeira e painéis solares; veículo consegue rodar por uma semana sem recarga

20 de junho de 2022 às 12:55
Compartilhe
Siga-nos no Google News
moto elétrica - motos elétrica - painel solar - painéis solares -
A mecânica da motocicleta de madeira é composta por peças reutilizadas (Foto: Efo Selasi / YouTube / Reprodução)

Jovem ganense desenvolveu uma moto elétrica que utiliza energia solar e pode rodar por uma semana sem recarga. O veículo também possui rádio e caixa de som bluetooth, além de painéis solares.

Aos 17 anos, o ganense Samuel Aboagye já é um ótimo inventor. Após viralizar construindo uma caixa de som bluetooth com apenas um galão de plástico, o jovem volta às manchetes com mais uma nova invenção: uma moto elétrica feita de madeira que utiliza painéis solares. De acordo com Samuel, a energia solar foi escolhida com o objetivo de reduzir as emissões de CO₂ no meio ambiente. A moto elétrica é recarregada utilizando eletricidade, porém conta com um painel solar que contribui para expandir a autonomia. Segundo Samuel, o veículo pode ser utilizado por cerca de uma semana sem necessitar de carregamento.

Jovem desenvolve moto elétrica com madeira que seria utilizada como lenha 

Para que o projeto ganhasse vida, Samuel reuniu peças antigas, até mesmo de outras bicicletas, além de madeira, que seria utilizada como lenha. Em um primeiro momento, ele pensou em desenvolver um carro elétrico, entretanto, devido ao pouco dinheiro que possuía para investir no projeto, optou por desenvolver uma moto elétrica com painéis solares.

Artigos recomendados

De acordo com informações do inventor, em sua casa há muita madeira e os vizinhos a utilizam como lenha nas fogueiras. Certo dia, o jovem ganense notou que aquela lenha poderia ser utilizada para outro fim. Samuel conta que chegou a receber doações na rua depois que começou a desfilar com a moto elétrica.

O jovem afirma que uma pessoa lhe deu 100 cedis, o que em conversão direta equivale a R$ 87, porque achou sua moto elétrica movida a energia solar interessante. O dinheiro foi utilizado para comprar uma bateria para o motor do veículo que, inclusive, veio da máquina de costura de sua mãe. O primeiro protótipo que Samuel desenvolveu era movido a baterias de 20 telefones e levou cerca de duas semanas para ser construído.

Moto elétrica com painéis solares ainda conta com rádio e tecnologia bluetooth

Segundo Samuel, às vezes ele não sabe bem o que está fazendo, mas quando a ideia chega à sua mente ele sabe exatamente o que fazer. Porém, às vezes é necessário abrir mão da própria alimentação para comprar materiais para o projeto.

Quem ajudou o jovem no processo de construção da sua moto elétrica movida a energia solar foi o seu professor de Ciências, David Sam Haigan. Este foi o responsável por orientá-lo na colocação da energia na motocicleta. O veículo do jovem ainda possui alto-falante bluetooth e um rádio que consegue sintonizar em mais de 100 estações em Accra, na capital do país.

O jovem afirma que, antes de seu pai morrer de diabetes, lhe disse para dar o seu melhor em tudo que fizesse e que não ligasse para o que as pessoas falariam, pois iria se tornar uma boa pessoa. 

Youtuber indiano desenvolve moto elétrica com apenas uma roda

Em novembro do último ano, um Youtuber indiano desenvolveu uma moto elétrica auto equilibrada que utiliza apenas uma roda. O veículo conta com uma roda larga equipada com um motor de cubo. O indiano ressalta que as rodas mais largas são mais fáceis de equilibrar se comparadas a outras mais finas.

Com a estrutura da moto totalmente feita, o indiano instalou um sensor de auto balanceamento no veículo. O sensor é uma das tecnologias mais importantes do projeto, e é por meio desse componente que a moto elétrica consegue manter-se de pé.

A parte do sensor demanda atenção e deve ser instalada de forma correta e firme, evitando que a calibração do giroscópio, que mantém o veículo em pé, seja afetada.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes