Governo de SP anuncia que Caoa vai comprar fábrica fechada da Ford

Governo de SP consegue fechar acordo com a Caoa

Após sete meses de articulações o governo de SP anuncia um novo comprador para a fábrica que a Ford fechou em fevereiro demitindo quase mil pessoas

Sete meses depois de anunciar o fechamento de sua fábrica em São Bernardo ( SP ), e de anunciar em julho o início das demissões em massa, a Ford anunciou que a Caoa tem forte interesse na compra da fábrica do ABC paulista.
O anúncio foi feito pelo governador de São paulo, João Dória, que declarou também que o negócio deve ter sua conclusão realizada dentro de 45 dias.

Sem divulgar os valores envolvidos na negociação, o governador de São Paulo, que desde que a Ford anunciou o fechamento da fábrica, vem auxiliando nas tratativas de venda da fábrica, ficou muito contente com o desfecho favorável das negociações.

A Fábrica em São Bernardo ( SP ), era responsável pela produção do Fiesta, com a produção já finalizada, e também da linha de caminhões da Ford.
Segundo Wagnão, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a Caoa vai começar contratando cerca de 750 trabalhadores que somadas aos 600 funcionários que permaneceram trabalhando na linha de montagem dos caminhões e com outros trabalhadores que foram demitidos nos últimos meses, deverão somar 1.800 postos de trabalho para tocar a fábrica do novo proprietário.

O sindicalista afirmou ainda que a Ford vai manter a fabricação dos caminhões em São Bernardo ( SP ) até o fim de outubro, e a partir daí a Caoa deverá assumir as operações.

A Caoa dará continuidade a fabricação dos caminhões da Ford sob o regime de licenciamento, pagando royalties à montadora norte-americana.

A Caoa

Carlos Alberto de Oliveira Andrade, presidente do conselho da Caoa, confirmou que um novo automóvel será produzido na fábrica, mas não será nem da montadora chinesa Chery e nem da sul-coreana Hyundai, marcas que comercializa no Brasil, “Será outra marca”, disse o novo proprietário. Especula-se no mercado que seja um veículo da montadora chinesa Changan.

A agora dona da fábrica em São Bernardo ( SP ), possui fábricas em Anápolis (GO), de onde saem os SUVs Tiggo 5X e Tiggo 7, da Chery, e também os utilitários esportivos ix35 e New Tucson, da Hyundai; e em Jacareí, no interior paulista, responsável pela produção do sedã Arrizo 5 e do SUV Tiggo 2, ambos da Chery.

Leia também aqui no CPG ! Acordo fechado: Rio ficará com 2,5 bilhões de reais da cessão onerosa !

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Click Petróleo e Gás.
Renato Oliveira

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)