Início Governador de São Luís inaugura Programa Porto do Futuro visando capacitar novos profissionais para atuar no Porto do Itaqui

Governador de São Luís inaugura Programa Porto do Futuro visando capacitar novos profissionais para atuar no Porto do Itaqui

21 de fevereiro de 2022 às 11:24
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Maranhão - São Luís - Porto do Itaqui - Governador - Flavio Dino
Porto do Itaqui movimentou mais de 25 milhões de toneladas de cargas em 2021 no MA. — Foto: Divulgação/Emap

Governador do Maranhão, junto a outras entidades, inaugura o programa Porto do Futuro, que visa desenvolver pesquisas e capacitar novos profissionais para atuar no Porto do Itaqui, em São Luís

O Governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou nesta sexta-feira (18) o Porto do Futuro, um Programa de Incentivo à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I). Um dos intuitos do programa é a capacitação de profissionais para o mercado de trabalho e também para atuarem no Porto de Itaqui, em São Luís. As oportunidades serão ofertadas por meio de uma parceria entre a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) e a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap).

Leia outras notícias relacionadas

Saiba mais sobre o programa desenvolvido pelo Governador do Maranhão

O Porto do Futuro é um programa de pesquisa com foco em projetos que façam parte do setor portuário a partir dos eixos de operações, relação porto cidade, meio ambiente, desenvolvimento socioeconômico sustentável, gestão pública e desenvolvimento tecnológico. Serão ofertadas bolsas de pesquisa a programas de pós-graduação para estudantes do Maranhão, auxílios a projetos de pesquisa, reconhecimento de artigos, intercâmbio e trabalhos de jornalismo científico.

As pesquisas devem ter como tema um dos eixos do alvo do programa no Maranhão, todos voltados para setor portuário, como operações, relação porto cidade, meio ambiente, entre outros. De acordo com o Governador Flávio Dino, lançar um programa de pesquisa é o resultado da parceria entre o Porto do Itaqui, em São Luís, e a Fapema.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

O processo está sendo liderado pela Emap, administrada por Ted, que representa cerca de R$ 40 milhões de investimentos em projetos de pesquisa, bolsas e pesquisadores que atuarão em temas que são de interesse do Porto do Itaqui, em São Luís. O programa desenvolverá conhecimento, fomentos à pesquisa e inovação, e também projetos que possam melhorar o porto.

Maranhão poderá se tornar um Hub de conhecimento em tecnologia portuária

Itaqui Porto do Futuro: programa de pesquisa aplicada ao setor portuário – Divulgação/Governo do Maranhão

De acordo com o Governador Flávio Dino, a Fapema será responsável por divulgar os editais futuramente. Os projetos serão desenvolvidos pelas instituições do Maranhão como UFMA, UEMA, UemaSul, IEMA, e outras instituições privadas.

Todos serão convidados pela entidade para participar. Sendo assim, acredita-se que o Porto do Itaqui terá contribuições dos pesquisadores para melhorar suas atividades e crescer como um incentivador de projetos, gerando empregos e renda.

Já o presidente da EMAP, Ted Lago, ressaltou que, através desse investimento, o Porto do Itaqui, que é considerado um hub em logística e economia, também poderá se tornar um hub de conhecimento em tecnologia portuária. Ted afirma que o projeto é inovador não apenas para São Luís ou para o Maranhão, mas sim para todo o Brasil.

Fapema se pronuncia sobre programa no Maranhão

Além do presidente da EMAP e do governador do estado, o presidente da Fapema, André Santos, afirma que o programa para o Porto do Itaqui é uma mão de via dupla, que gera benefícios para todo o sistema de portos e toda a sociedade pesquisadora do estado.

A oportunidade dos pesquisadores do estado, de acessar recursos essenciais, torna possível essa especialização, não só de professores, mas também de alunos de mestrado, doutorado e até do ensino médio, como IEMA e o IFMA.

Relacionados
Mais recentes