General Electric conclui testes do motor de combate de três correntes, a nova tecnologia que irá revolucionar caças de sexta geração

Flavia Marinho
por
-
18-05-2021 11:58:24
em Indústria e Construção Civil
general electric - GE - aviation - motor - caça - EUA Motor de caça de ciclo adaptativo XA100 de três correntes General Electric / Fonte: Reprodução – Via GE

GE Aviation testa motor de caça revolucionário. O primeiro motor de combate XA100 – General Electric de três correntes – será usado pela força aérea dos EUA

A General Electric informa, através de um comunicado de imprensa, que os testes de seu primeiro motor de ciclo adaptativo XA100 de três correntes, uma nova tecnologia que irá alimentar caças de sexta geração, foi concluído, marcando o início de uma nova era de propulsão de combate.

Leia também

A General Electric começou a fazer os testes em sua instalação de testes de altitude em Evendale, em Ohio, em 22 de dezembro de 2020. O desempenho do motor e o comportamento mecânico foram consistentes com previsões pré-teste e totalmente alinhados com os objetivos do Programa de Transição de Motor Adaptativo da Força Aérea dos EUA (AETP).

“Ficamos excepcionalmente satisfeitos com o desempenho do motor durante o teste”, disse David Tweedie, gerente geral de motores avançados de combate da General Electric, Edison Works.

Esse teste bem sucedido valida a capacidade do motor XA100 da General Electric para fornecer capacidade de propulsão transformadora para caças.

O motor XA100-GE-100 combina três inovações fundamentais para proporcionar uma mudança geracional no desempenho de propulsão do sistema de combate:

  • Um ciclo de motor adaptativo, que fornece modo de alta potência e modo de alta eficiência para a economia de combustível ideal e tempo de inatividade;
  • Uma arquitetura de terceiro fluxo, que fornece uma mudança radical na capacidade de gerenciamento térmico, permitindo que futuros sistemas de missão aumentem a eficácia do combate;
  • Uso extensivo de tecnologias avançadas de componentes, incluindo compostos de matriz cerâmica (CMC), compostos de matriz de polímeros (PMCs) e fabricação aditiva.

Essas inovações revolucionárias aumentam o impulso em 10%, melhoram a eficiência do combustível em 25%, e fornecem uma capacidade significativamente maior de dissipação de calor para a aeronave, tudo dentro do mesmo envelope físico dos sistemas de propulsão atuais. Em suma, um caça equipado com o XA100, comparado com a atual geração de motores, obteria um:

  • 50% de melhoria no tempo de “loitering” (voo da estação sobre a área de alvo geral, esperando a ordem ou oportunidade para atacar);
  • Aumento de 35% no alcance de voo;
  • Redução de 25% no consumo de combustível;
  • Aumento de 60% na dissipação de calor dos sistemas de aeronaves(pensando em armas laser);
  • Para visualizar melhor o gerenciamento de fluxo de gás no XA100, vale a pena visitar o site da G.E.
Veja o funcionamento do motor de caça revolucionário da General Electric

General Electric faz teste minuciosos com a força aérea dos EUA

“Este foi o teste de motor mais instrumentado da história da General Electric e da Força Aérea dos EUA. Conseguimos obter uma imensa quantidade de dados de teste de alta qualidade, que demonstraram capacidades do motor e demonstraram um bom retorno sobre o investimento da Força Aérea”, explicou Tweedie.

Essas futuras turbinas, cuja potência de impulso seria em torno de 200 kN, também serão oferecidas para a remotorização de aeronaves de 5 gêneros como o F-35.

A General Electric e a USAF incorporam no projeto a previsão para o uso de armas de energia direcionadas (lasers), cujas primeiras gerações estão perto de entrar em serviço.

A General Electric é a única empresa de motores a competir e venceu os programas anteriores ADVENT e AETD. A montagem do segundo motor protótipo XA100 da General Electric está em andamento e os testes desse motor devem começar ainda em 2021.

77 vagas de emprego de ensino médio e superior para trabalhar na multinacional General Electric hoje

A multinacional GE Brasil está com vagas de emprego abertas para profissionais de ensino médio, técnico e superior, em várias regiões do Brasil. O destaque hoje são para as vagas de Auxiliar de Produção, Almoxarife, Técnicos, Operador, Ajudante, Engenheiros, Estagiários, Aprendizes, profisisonais PCD’s e muito mais.

Para conhecer todos os cargos e se inscrever em alguma das vagas de emprego da General Electric, basta acessar o site oficial da General Electric neste link. Selecione o país Brasil, localizado no canto esquerdo do painel da página, e confira todas as vagas disponíveis. Boa Sorte!

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.