A turbina a vapor mais potente do mundo deixará as fábricas da General Electric para equipar uma central nuclear na Inglaterra

Flavia Marinho
por
-
16-03-2021 13:58:20
em Indústria e Construção Civil
general electric - vagas - emprego - fábricas - turbina a vapor - inglaterra Turbina a vapor mais potente do mundo – General Electric / Fonte: GE

A turbina a vapor mais potente do mundo será instalada na central nuclear de Hinkley Point C, na Inglaterra e produzirá 3,2 GW de energia durante os próximos sessenta anos

A turbina a vapor mais potente do mundo deixará as fábricas gigante General Electric em Belfort, para equipar a central nuclear de Hinkley Point C, em construção,no sudoeste de Inglaterra. O maior rotor do mundo, associado a esta turbina, acabou de ser testado com sucesso disse GE em comunicado. Aproveita que a General Electric está com mais de 100 vagas de emprego em suas fábricas no Brasil, clique aqui para cadastrar o seu currículo

Leia também

Com 1,9 metros, o equipamento batizado de Arabelle será a turbina a vapor nuclear mais poderosa em operação. “Inserido num poço de compensação especialmente concebido para grandes turbinas, o módulo de 8 metros de largura rotated́ a uma velocidade de 1.500 rotações por minuto”, informou a General Electric.

O objectivo de uma turbina, acompanhada por um alternador, é converter vapor em electricidade. Pás mais longas no rotor da turbina aumentam a produção eléctrica da central nuclear, optimizando o “vácuo do condensador”, reduzindo as “perdas de escape” e aumentando a “eficiência da turbina”, diz a GE.

50% da frota mundial de turbinas

A turbina a vapor mais potente do mundo será instalada na central nuclear de Hinkley Point C, em Inglaterra, construída pela EDF Energy, uma subsidiária integral da EDF, no Reino Unido. Permitirá a produção de 3,2 GW de energia durante os próximos sessenta anos. A instalação será equipada com dois reactores do tipo EPR.

O rotor testado deverá ser entregue na fábrica em 2021. “Esta componente crítica da turbina é um marco importante neste primeiro trimestre de 2021 para o projecto Hinkley Point C, alcançado dentro do prazo, despreza a pandemia”, diz Guillaume Callewaert, gestor do programa HPC da EDF, citado no comunicado de imprensa da General Electric. Neste contrato, a General Electric fornece e encomenda as duas ilhas convencionais das duas futuras EPR (turbina e alternador) e também fornece serviços de engenharia. “Na GE Steam Power, estamos orgulhosos do nosso envolvimento num projecto tão importante”, diz Frédéric Wiscart, Director de Projecto da GE Steam Power.

No início deste ano, a EDF anunciou um atraso na construção desta fábrica, devido à pandemia de covid-19 que atrasou o estaleiro de construção de 2020, lançado em 2015. O arranque da primeira unidade está previsto em Junho de 2026, seis meses mais tarde do que no calendário previsto. De acordo com o Le Monde, este projecto ascende entre 25 e 26 mil milhões de euros.

Turbina de vapor mais potente do mundo construída pela General Electric

A turbina Arabelle a ser instalada em Hinkley Point C será a turbina de vapor mais potente do mundo. A General Electric, que comprou este know-how à Alstom em 2015, deverá contribuir com 20 GW de potência nos próximos anos com esta tecnologia de turbinas a vapor Arabelle, “consolidando a frota Arabelle para 53 GW a nível mundial”, conclui o comunicado de imprensa. A General Electric é responsável por 30% da produção mundial de turbinas de vapor, enquanto que 50% da frota mundial de turbinas de vapor em funcionamento é tecnologia GE.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.