Fechamento de fábricas da Ford no Brasil: Veja os impactos financeiros com o encerramento da produção

Roberta Souza
por
-
12-01-2021 15:11:05
em Economia, Negócios e Política
Ford, fábricas, produção Fábrica da Ford

A montadora de veículos Ford encerrou a produção no Brasil com o fechamento de três fábricas, causando impacto financeiro de US$ 4,1 bi

A multinacional estadunidense Ford anunciou ontem o encerramento da produção de suas fábricas no Brasil. Com isso, o impacto financeiro pode chegar à US$ 4,1 bilhões, com despesas não recorrentes, além do grande impacto econômico com o fechamento das unidades em Camaçari (BA), Taubaté (SP) e Horizonte (CE). 5.000 funcionários serão demitidos.

Veja ainda outras notícias do dia:

Dos 4,1 bilhões de dólares, cerca de 2,5 bilhões de dólares afetarão diretamente o caixa da multinacional estadunidense, principalmente relacionado à liquidação, rescisão, acordos e outros pagamentos. Já US$ 1,6 bilhão vem do impacto contábil da baixa de créditos fiscais, depreciação acelerada e amortização de ativos fixos.

Lyle Watters, presidente da Ford na América do Sul, ressalta que depois de reduzir o custo de “todos os aspectos do negócio” e encerrar a produção de não lucrativos, incluindo o encerramento da produção de caminhões, que melhorou os resultados nos últimos quatro trimestres, a pandemia exacerbou o ambiente econômico desfavorável, e que seria necessário muito mais para tornar as operações sustentáveis ​​e lucrativas.

A montadora prometeu trabalhar com “alternativas possíveis e razoáveis” para permitir que as partes interessadas comprem instalações que estão prestes a fechar.

A Ford está fechando duas fábricas imediatamente e uma terceira no final do ano, afetando cerca de 5.000 funcionários brasileiros. Isso faz parte do plano de reestruturação de longo prazo de US$ 11 bilhões que começou com o ex-CEO Jim Hackett. A Ford afirma que perdeu centenas de milhões de dólares nas regiões brasileiras. Os veículos vendidos no Brasil continuarão a vir da Argentina, Uruguai e outros mercados, afirma a empresa em um comunicado à imprensa.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos