Equinor atinge produção de 200 milhões de barris de petróleo em Peregrino

Equinor campo de petróleo Peregrino

Peregrino está entre os dez maiores campos de petróleo em operação no Brasil e gerará mais de 350 novos empregos offshore e onshore.

São 200 milhões de barris de petróleo produzidos no campo de Peregrino, este é o novo marco da Equinor para sua operação no Brasil.  A companhia, é uma empresa global de energia que está no país há 18 anos. Equinor estuda litoral do Brasil para instalar nova infraestrutura de gás natural.

Primeiro ativo operacional da Equinor fora da Noruega, Peregrino iniciou a produção em 2011 e iniciará a Fase 2 do projeto até o final de 2020 com a instalação de uma terceira plataforma, que aumentará as reservas em 260 milhões de barris de petróleo.

A tripulação de Peregrino é 100% brasileira. A expansão do projeto também prolongará a vida de Peregrino por mais 20 anos e gerará mais de 350 novos empregos offshore e onshore.

Peregrino está entre os dez maiores campos em operação no Brasil, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O campo tem uma reserva estimada em 670 milhões de barris de petróleo recuperável e atualmente produz cerca de 60.000 a 80.000 barris de petróleo por dia.  A Equinor possui 60% de participação, em parceria com a Sinochem, que possui 40%.

Como um dos campos mais desafiadores do Brasil, Peregrino alcançou marcos ao longo de seu caminho. Quando a Equinor começou a operar, a empresa conseguiu extrair o segundo óleo mais pesado produzido no Brasil.

Gradualmente, aumentou o fator de recuperação no campo, superando a expectativa inicial de 10% e elevando para 16%. A empresa pretende aumentar ainda mais esse percentual.

“Temos muito a comemorar com esse marco alcançado em Peregrino: 200 milhões de barris produzidos, de forma segura, em um campo que muitos acreditavam não poder ser desenvolvido”, diz Margareth Øvrum, CEO da empresa no Brasil.

A Equinor é uma empresa internacional de energia sediada na Noruega, com operações em mais de 30 países. Desde 1972, atua, desenvolvendo e produzindo petróleo e gás na plataforma continental norueguesa, onde é a operadora líder.

Anteriormente conhecida como Statoil, está entre as maiores operadoras offshore do mundo e tem uma presença crescente em energia renovável.

Presente no Brasil desde 2001, a Equinor tem uma forte presença no país, considerada uma das três áreas principais da empresa em todo o mundo e uma das áreas prioritárias para o crescimento a longo prazo.

A Equinor é a maior operadora internacional do país em volume de produção, com uma média de aproximadamente 100.000 barris de petróleo por dia.

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.
Posted Under
Sem categoria