Em meio a pandemia, Petrobras aumentou produção de petróleo em 9% e cresceu produção dos campos do pré-sal em 32%

Flavia Marinho
por
-
21-10-2020 12:25:04
em Petróleo, Óleo e Gás
pré-sal ; petrobras ; petróleo Produção de petróleo da Petrobras no 3º trimestre cresce e a petroleira eleva meta para 2020. As refinarias também apresentam bom desempenho

Produção de petróleo da Petrobras no 3º trimestre cresce e a petroleira eleva meta para 2020. As refinarias também apresentam bom desempenho

No terceiro trimestre deste ano, a produção de petróleo e gás da Petrobras bateu a marca de 2,952 milhões de barris de óleo equivalente ao dia (boed) e ampliou a produção de combustíveis, informou a estatal ontem à noite em fato relevante. Raízen, a gigante produtora de etanol do Brasil, abre vagas para candidatos sem experiência em busca do primeiro emprego no seu programa Trainee e Estágio 2021

Leia também

“O desempenho operacional da Petrobras no 3T20 foi muito bom, considerando-se o cenário desafiador imposto pela pandemia da COVID-19. Nossa produção de óleo e gás no Brasil cresceu em 9,0% nos primeiros nove meses deste ano em relação ao ano passado. A produção dos campos do pré-sal se expandiu em 32%, enquanto nas demais áreas, pós sal, águas rasas e terrestres, houve contração”, disse a petrobras no comunicao.

Devido à maior eficiência operacional das plataformas instaladas no Campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos; crescimento da produção da P-70, localizada no Campo de Atapu, que iniciou a produção no final do mês de junho; e redução das perdas por indisponibilidade de linhas submarinas, com o desenvolvimento de novas tecnologias, permitiram a Petrobras aumentar a produção de petróleo no Brasil no terceiro trimestre ante o período anterior em mais de 5%, para 2,36 milhões de barris por dia.

No comunicado a estatal também informou “normalização da produção das plataformas que haviam sido paradas em função da Covid-19 no segundo trimestre”.

De janeiro a setembro, a produção de óleo e gás no Brasil cresceu em 9% em relação a 2019, com a extração dos campos de petróleo do pré-sal expandindo-se em 32%, enquanto nas demais áreas, pós-sal, águas rasas e terrestres, houve contração.

Com a força do pré-sal, a Petrobras revisou para cima sua meta de produção de petróleo de 2020

“Estimamos que a produção média em 2020 chegue em 2,84 MMboed, sendo 2,28 MMbpd de óleo, com variação de 1,5% para cima ou para baixo, superando o limite superior (2,5%) das metas originalmente divulgadas para o ano (2,7 MMboed e 2,2 MMbpd)”, disse a Petrobras no relatório

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.