Início EDPR e Lhyfe se juntam em projeto que visa produção de hidrogênio limpo

EDPR e Lhyfe se juntam em projeto que visa produção de hidrogênio limpo

26 de maio de 2022 às 22:31
Compartilhe
Siga-nos no Google News
EDPR, Lhyfe, hidrogênio
Imagem disponível no Adobe Stock

EDPR e Lhyfe, que firmaram acordo recentemente, querem identificar oportunidades de projetos para produzir hidrogênio renovável

A EDPR ​​firmou um acordo com a empresa francesa Lhyfe para produzir hidrogênio renovável e contribuir para a redução de carbono na sociedade e nas indústrias. A EDPR vai fornecer energia elétrica renovável aos projetos de produção de hidrogênio da Lhyfe e pretende atingir 1,5 GW de volume de produção de hidrogênio limpo até 2030.
“Acreditamos que o hidrogênio limpo pode andar de mãos dadas com a geração direta de energia elétrica como a melhor forma de reduzir as emissões de CO2 e conseguir a descarbonização da economia, que inclui as áreas mais difíceis de eliminar carbono. O acordo com a Lhyfe pretende reforçar o compromisso da EDPR de acelerar a transição de energia ao passo que mais uma etapa para concretização do plano de produção de hidrogênio limpo se firma”, afirmaram o CEO da EDP e EDP renováveis, Miguel Stilwell d’Andrade.

Além disso, tanto a EDPR quanto a Lhyfe irão avaliar oportunidades para o desenvolvimento conjunto de projetos, com a participação da EDPR que pode ascender a 50% do capital do projeto. A EDPR e a Lhyfe também trabalharão juntas em ações de P&D, desenvolvimento de novos projetos e compra de equipamentos.

Artigos recomendados

“Estamos muito satisfeitos de firmar este acordo com um dos maiores produtores mundiais de energia renovável. A confiança da EDPR depositada em nós permite-nos refletir com confiança sobre o desenvolvimento do nosso hidrogênio renovável globalmente e em ampla escala. Estamos eufóricos para melhorar nossas futuras instalações de produção de hidrogênio ao lado da EDPR com o objetivo de eliminar as incidências de carbono na sociedades nas indústrias, graças a junção dos pontos fortes da EDPR e da Lhyfe”, disse o fundador e CEO da Lhyfe, Matthieu Guesné.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Acordo da EDPR com a Lhyfe visa a geração de lucro e o crescimento internacional das empresas

O acordo feito com a EDPR visa gerar lucros através de uma parceria entre as duas empresas, promovendo o crescimento do portfólio da EDPR, especialmente na França, e contribuindo para o crescimento dos projetos da Lhyfe em todo o mundo. Também, a parceria das duas empresas contribui para a aquisição de mais tecnologias operacionais e comerciais para o projeto de hidrogênio renovável.

A aliança com a Lhyfe reafirma a aposta da EDPR no hidrogênio renovável. Com isso, a equipe forma a H2BU (H2 Business Unit), uma unidade de negócios dedicada exclusivamente ao desenvolvimento de projetos de hidrogênio renovável e foca no desenvolvimento de oportunidades em áreas promissoras, como a siderurgia e química, refinarias e fábricas de cimento e a de transportes longos e pesados.

EDPR possuía vários projetos de produção de hidrogênio renovável

A EDP está no setor de solução de energia limpa há muito tempo através de inúmeros projetos como o GreenH2Atlantic, um projeto de energia de hidrogênio renovável de 100 MW em Sines (Portugal). A EDPR está também a promover outros projetos na Espanha e no Brasil, no sentido dos seus planos de transformação para a conversão de centrais de carvão em instalações de tecnologia limpa. Também, a EDPR está fortemente envolvida com os principais players do hidrogênio, utilizando o seu portfólio crítico de ativos renováveis, particularmente nos EUA.

A eficiência do hidrogênio é apoiada na previsão de que a demanda global por hidrogênio aumentará seis vezes entre 2020 e 2050, alcançando 530 milhões de toneladas até 2050, encorajada pelo crescimento financeiro e duplicação do consumo, tanto na indústria quanto na mobilidade. Espera-se que a participação de hidrogênio renovável represente 60% da demanda total de hidrogênio até 2050.

Relacionados
Mais recentes