Fontes renováveis sofrem expansão significativa, sendo a energia solar responsável pela maior parte do crescimento

Roberta Souza
por
-
14-05-2022 17:25:18
em Energia Renovável, Energia Solar
energia, energia solar, fontes renováveis Fonte: Pixabay




IEA prevê que a capacidade das fontes renováveis terá aumento recorde de 8%, sendo a energia solar a principal propulsora de tal expansão

Conforme estimativa da IEA (Agência Internacional de Energia), a capacidade das fontes renováveis de energia em todo o planeta deverá alcançar, no ano de 2022, a inédita expansão de 8% em comparação ao último ano, de modo a ultrapassar, pela primeira vez, a marca de 300 GW produzidos em um só ano. Nesse sentido, a principal responsável pelo crescimento das fontes renováveis será a energia solar.

Isso pode ser explicado pelo fato de que a energia solar será encarregada de cerca de 60% do acréscimo total na capacidade das fontes renováveis, chegando ao seu melhor desempenho em toda a história, haja vista a geração de 190 GW de energia e o aumento de 25% em relação a 2021. Consoante o diretor-executivo da IEA, Faith Birol, esse setor vem se tornando o novo líder dos mercados mundiais de eletricidade. Para ele, se os governos e investidores ampliarem as suas políticas de energia limpa, em associação ao cenário de desenvolvimento sustentável, a expansão da energia solar e eólica pode ser ainda maior, além de um grande auxílio na superação do desafio climático mundial.

Artigos recomendados

De acordo com a IEA, o crescimento recorde das fontes renováveis pode ser justificado pelas políticas aceleradas de transição energética praticadas pela União Europeia, China e Estados Unidos, além do fator de ampliação natural das renováveis.

Apoio e subsídio dos governos são fatores primordiais para viabilizar a expansão da energia limpa

Na China, por exemplo, o governo local tem investido em auxílios financeiros para projetos que promovam a energia limpa, a fim de acabar com as liberações de carbono em seus municípios. Além disso, o IEA declarou que, após a China, a União Europeia foi o segundo maior mercado com relação à expansão na capacidade das fontes renováveis, tendo a região superado pela primeira o recorde histórico no ano de 2011.

A agência destacou, ainda, que a energia solar fotovoltaica representou, por si própria, a maior parte do crescimento no ano passado em razão da celeridade de projetos na Espanha, França, Polônia e Alemanha, havendo sido impulsionada por uma combinação de leilões liderados pelo governo e incentivos solares fotovoltaicos distribuídos.

Nos Estados Unidos, por sua vez, a expansão das fontes renováveis, sobretudo da energia solar, é devida, principalmente, aos créditos fiscais de investimento, disponíveis até 2023/2024. Segundo explica a agência, tais créditos possibilitaram um ambiente político relativamente estável, ainda que a existência de desafios logísticos e de cadeia tenha interrompido um crescimento muito mais rápido.

Vale observar também que, além dos locais mencionados, o Brasil exerce um papel importante na produção de energia solar, uma vez que foi inserido no grupo dos 20 países líderes em capacidade instalada de energia solar no mundo, com uma produção equivalente a aproximadamente seis mil megawatts.

IEA acredita que, no ano que vem, a tendência seja de estabilização do crescimento das fontes energéticas renováveis

Quanto à perpetuação do crescimento pelos próximos anos, o IEA afirmou que, a não ser que políticas novas e mais eficazes sejam adotadas em 2023, os acréscimos na capacidade das energias renováveis globais tendem a permanecer estáveis, se comparados a 2022.

Entretanto, mesmo diante do cenário de estagnação, a agência acredita que a energia solar deve ser a única fonte que sofrerá ampliação, de forma a alcançar a barreira dos 200 GW. Ao mesmo tempo, o crescimento da energia eólica e da bioenergia deverá seguir estável, e a energia elétrica sofrerá redução de 40%.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos